24/06/2020 às 20h59min - Atualizada em 24/06/2020 às 20h51min

Flamengo anuncia BRB como patrocinador master

Contrato de R$ 35 milhões prevê parceria na criação de um banco digital

Felipe Sousa - Editado por Paulo Octávio
Contrato do Banco de Brasília com o Flamengo vai até 2023. Foto: Reprodução/Lab Dicas de Jornalismo
Flamengo anunciou o Banco Regional de Brasília (BRB) como seu novo patrocinador master na última sexta (19). O contrato terá duração de três anos, prorrogáveis por mais dois, e os valores giram em torno de R$ 35 milhões, podendo aumentar com o cumprimento de metas.
 
Em vídeo enviado a sócios-torcedores, o presidente do clube, Rodolfo Landim, comentou a parceria: "O Flamengo vai entrar com uma série de propriedades, o engajamento da sua torcida, a sua participação na mídia social, inclusive o espaço master da sua camisa. Vamos desenvolver com eles uma série de produtos, nos quais a gente vai ter participações. Produtos financeiros como seguros e cartão de crédito", afirmou.  Já Paulo Henrique Costa, presidente do BRB, elogia a parceria. "A parceria com o Flamengo, time com marca de força global, vai permitir ao BRB diversificar seus negócios, expandir sua base de clientes e ampliar a atuação nacional tanto na forma de presença física quanto digital", disse.

O acordo prevê a criação de um banco digital, que segundo informações do jornal Metrópoles, será criado no dia 15 de julho. A plataforma será personalizada para torcedores rubro-negros, contando com comercialização de cartões personalizados, abertura de contas digitais, seguros, entre outros, além de experiências personalizadas como promoção de viagens para jogos do Flamengo e descontos em produtos do clube.

Em contrapartida, o BRB passa a ter exclusividade em ações financeiras do clube, como pagamento de salários e serviços bancários. O lucro das ações será dividido em 50% para ambas as partes. A expectativa do banco é alcançar a marca de 1,5 milhão de contas abertas, três milhões de cartões pré-pago emitidos e a movimentação de cinco bilhões de reais apenas no primeiro ano.

Com o patrocínio, o BRB espera que o seu valor de mercado quintuplique de tamanho – desde o anúncio do acordo, as ações do banco aumentaram 24%, segundo o Metrópoles. A instituição conta com 750 mil clientes, a maioria na capital federal – há apenas uma agência do BRB no Rio de Janeiro. O banco é de sociedade mista e tem o Governo do Distrito Federal como seu principal acionista. O governador Ibaneis Rocha,  torcedor assumido do Flamengo, já foi chefe de delegação da equipe em jogos da Libertadores no ano passado e já disse à imprensa ter interesse em se candidatar à presidência do clube no futuro.

O anúncio do acordo vem após meses de especulação sobre qual empresa assumiria o lugar do Banco BS2 como patrocinadora master do clube. Desde março, a Amazon vem sendo veiculado como um possível novo parceiro. As partes chegaram a estar perto de um acordo, com valores perto de R$ 38 milhões, mas a pandemia do novo coronavírus interrompeu as conversas. Recentemente, a empresa norte-americana teria reajustado o valor oferecido em 30% a menos do que o anterior, o que não agradou os dirigentes flamenguistas.

A B2W, varejista detentora da marca Lojas Americanas, teria sido outra empresa a negociar pela área mais nobre do uniforme do Flamengo. A intenção seria estampar a marca Ame, nova plataforma de compras do grupo. A própria empresa emitiu nota afirmando que as negociações já estavam encerradas.

No Distrito Federal, a parceria do BRB com o Flamengo causou alguns questionamentos. O deputado distrital Leandro Grass (Rede) encaminhou um requerimento pedindo mais informações sobre o patrocínio: “As competições esportivas estão paradas por causa da pandemia. Apenas o Campeonato Carioca voltou. Eu fico curioso para saber os termos deste contrato entre o Banco de Brasília e o Flamengo”, disse.

 
Torcedores do Gama, clube local, se mobilizam nas redes sociais para fazer um protesto contra o acordo em frente à sede do banco, em Brasília, na quinta-feira (25): "Em plena pandemia, quando os atletas do DF, não só do futebol, estão tendo que improvisar para poder se alimentar, o governador de Brasília destinou valores na casa dos 35 milhões de reais para um clube do Rio de Janeiro. Tudo isso para tão somente dar um afago financeiro ao clube do coração", afirma parte da convocação, publicada nas redes sociais de uma das torcidas organizadas do clube candango.

Não é a primeira vez que Flamengo e BRB fecham um acordo de patrocínio. A instituição é patrocinadora master do uniforme de basquete do rubro-negro carioca desde julho do ano passado.

Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »