24/06/2020 às 21h44min - Atualizada em 24/06/2020 às 21h44min

Venda de computadores aumentou com a pandemia do novo coronavírus

Com o isolamento social imposto a várias cidades, o home office e o ensino à distancia impulsionaram as vendas

Por Isabela Tavares - Editado por Luana Gama
G1 / IstoÉ
http://www.srcomputador.com.br/

Durante a pandemia do novo coronavírus, o número de computadores vendidos no país no primeiro trimestre aumentou 16% em relação ao mesmo período do ano passado. O aumento é significativo por uma razão: no mesmo período de 2019 houve uma queda de 6,2% em relação a 2018. Os dados são da IDC Brasil, empresa líder do ramo de tecnologia da informação.

 

A causa apontada para esse aumento é o isolamento social imposto em várias cidades para evitar a disseminação do vírus, que levou diversos estudantes e trabalhadores a fazerem home office e ensino à distância. No total, 72% das compras foram em notebooks e 28% foram em computadores de mesa. 

 

No entanto, para o resto do ano, a expectativa é de queda nos números por conta da alta do dólar, desemprego e dos efeitos da pandemia. “Inicialmente, era esperado fechar o ano em alta, mas agora a previsão é de queda de 1% no mercado corporativo e de 5% no varejo”, é o que afirma o analista de mercado da IDC Brasil, Rodrigo Okayama Pereira, em entrevista ao portal G1. 

 
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »