25/06/2020 às 15h01min - Atualizada em 25/06/2020 às 14h56min

Piauí: Cresce o número de assaltos a entregadores de delivery

Desde início da pandemia, foram registrados 14 ataques a esses trabalhadores.

Welligton Oliveira - Editor: Ronerson Pinheiro
Foto/Reprodução: Google
 
Como medida de prevenção ao novo coronavírus, grande parte da população tem realizado o chamado isolamento social. Com as pessoas em casa, os serviços de tele entrega vem aumentando gradativamente nos últimos meses, em razão da alta procura. Na contramão desse aumento, de acordo com a Polícia Militar, de Teresina/PI, o número de assaltos a entregadores cresceu. Desde início da pandemia, foram registrados 14 ataques a esses trabalhadores.

Rubens Sousa, contar ter sido vítima de um assalto enquanto trabalhava. “Eu estava indo realizar mais uma entrega como de costume quando me deparei com eles dois na minha frente, e eles atiraram sem pensar. Tive sorte que só acertou meu braço”, descreve. O entregador diz ter nascido de novo. “Graças a Deus eu me livrei. Tive outra oportunidade de vida, nasci de novo e agora tenho outra data de nascimento”, afirma.

De acordo com o Comandante Geral da Polícia Militar, Coronel Sousa Filho, crimes dessa natureza tem crescido na capital Teresina, o que tem aumentado as chamadas no batalhão. Segundo ele, a corporação tem trabalhado para conter o alto número de ataques. “A nossa vacina contra a criminalidade é a abordagem na ronda feita pela PM.  Nós estamos intensificando essas rondas para trazer tranquilidade para os cidadãos que estão trabalhando”, afirma o Comandante.


Editora-chefe: Lavínia Carvalho



 
 
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »