25/06/2020 às 15h24min - Atualizada em 25/06/2020 às 14h19min

Diogo Portela representa o Brasil em campeonatos internacionais de dardo

Portela já foi destaque no jornal The Sun, da Inglaterra

Bernardo H. Amaro - Editado por Paulo Octávio
Diogo Portela. Foto: Getty Imagens
Apesar de ser um esporte inglês, o Brasil tem se destacado nos últimos anos no cenário mundial dos dardos. Diogo Portela, 32 anos, mora em Londres e é um dos jogadores mais bem-sucedidos. Ele atua profissionalmente e já foi campeão brasileiro jogando sozinho e em dupla. Portela também conquistou o vice-campeonato do principal torneio sulamericano, a Copa do Caribe.
 
Diogo chamou atenção após sua atuação durante as ligas de pubs. Por isso ele foi chamado para participar do reality show “one hundred eighty”. No programa, o brasileiro teve ajuda de James Wade (8° no ranking mundial) e ganhou 16.000 (dezesseis mil) Libras. “Jogamos contra Michael Van Gerwen, na época campeão mundial e até hoje líder do rank da PDC. No final tudo foi decidido em um leg de 501, sendo que o meu oponente tinha menos pontos e começava jogando. O desafio era bem grande, acabou que eu fechei o leg e venci o programa”, afirma. 
 
Após sua aparição no Game Show ele foi convidado para  jogar profissionalmente. Portela já participou três vezes da Copa do Mundo de dardos, que é disputada em dupla. “Uma vez contra a Alemanha. Atuamos em um estádio com 5 mil pessoas me vaiando, o que atrapalhou todo mundo, pois ninguém rendeu muito bem,. Mas foi uma experiência incrível, só de ter ganho o primeiro jogo e colocado o Brasil entre os 16 melhores foi uma sensação de dever cumprido”, destacou.

Em torneios individuais,ele já bateu o galês Gerwin Price (número 5 do ranking mundial), de virada em 2019. E em 2020, durante a pandemia do novo Coronavírus, venceu o torneio “Modus” com uma vitória sobre o ex-campeão e lenda dos dardos, Martin Adams.

Atualmente, Portela é dono do canal “Na Mosca” do Youtube. O objetivo dele e do o irmão é o de expandir a comunidade do Dardo no Brasil e incentivar jogadores a participarem de torneios em todo o país.  

 
“O projeto do meu irmão começou em 2017 para transmitir os jogos do Brasil aqui no exterior. Até tínhamos uma página específica pro Na Mosca que reinventamos esse ano. Exibimos treinamentos, curiosidades, jogos históricos, notícias, nome de jogadores, tipos de torneio. Até loja a gente montou para levar material da Europa e do mundo inteiro, pra entregar no Brasil", completou.
 
Ainda esse ano haverá a disputa do primeiro torneio de dardos do Caribe Online. Intitulado de Rei e Rainha do Caribe, o Brasil já têm seus 12 representantes classificados através dos opens online. As entidades que também participarão são: Jamaica, Bahamas, Flórida, Belize, Barbados, Guyana, Trinidad & Tobago, Ilhas Cayman, Turks & Caicos, Bermuda, Puerto Rico e Saint Lucia.

Diogo foi um dos classificados para o torneio e está animado, pois desde 2013 não pode participar de nenhum torneio caribenho. Segundo Portela, os nível da competição é bom, porém não há beneficio financeiro e não há pontuação para nenhum ranking.  Como treinamento para o campeonato, os brasileiros tiveram três amistosos contra Chile (8x7), Costa Rica (8x8) e Argentina (11x9) e se mantiveram invictos. O Rei e Rainha do Caribe começa dia 01/07 e tem data prevista para término de 23/08. 

Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »