27/06/2020 às 12h35min - Atualizada em 27/06/2020 às 12h30min

Aos 43 anos, Vince Carter anuncia aposentadoria

Jogador da NBA atuou na liga por 22 anos

Bernardo H. Amaro - Editado por Paulo Octávio
Vince Carter durante torneio de enterradas em 2000 - NBAE/Getty Images
Durante uma entrevista para o podcast “The Ringer Network”, Vince Carter, de 43 anos, disse que já estava satisfeito com sua trajetória e não jogará mais basquete. No início do ano, o jogador já havia anunciado que essa seria sua última temporada como profissional. Com a pandemia do novo coronavirus, o público esperava que a lenda adiasse sua aposentadoria. O Atlanta Hawks, último time que o agora ex-jogador atuava, foi indiretamente prejudicado com a decisão de Carter e não conseguiu se classificar para os playoffs.
 
O atleta começou a atuar profissionalmente em 1998. Na oportunidade ele foi escolhido no draft pelo Golden State Warriors e foi trocado para o Toronto Raptors onde ganhou o troféu de “Rookie of the Year” (Novato do ano). Vince tinha uma média de 18.3 pontos por jogo e 1.5 bloqueios por jogo. Assim, ele foi peça essencial para as três primeiras temporadas da nova franquia. Em 2000 o jogador foi campeão do torneio de enterradas com uma sequência incrível. No mesmo ano, o atleta levou o time para sua primeira aparição nos playoffs, além de ganhar medalha de ouro nas Olimpíadas de Sidney no mesmo ano. Na temporada seguinte conseguiu novamente ir para às eliminatórias com um recorde de 47 vitórias na temporada regular. O clube chegou até as semi-finais da conferência, porém perdeu para Philadelfia 76’ers.

Na temporada 2001-02, Carter se machucou, ficou impossibilitado de participar do All-Star game e seu time não se classificou para os play-offs. Na seguinte, ele abriu mão da sua participação no jogo das estrelas para que Michael Jordan e Allen Iverson (ambos em fim de carreira) pudessem jogar juntos. Depois foi trocado para o New Jersey Nets (atual Brooklyn Nets).

A partir daí sua carreira entrou em declínio, exceto em 2003 quando obteve a medalha de ouro no torneio da FIBA. Vince foi trocando de franquias em busca de um anel de campeão para poder chamar de seu. Ele ficou até 2009 nos Nets, transferiu-se para o Orlando Magic e em seguida para o Phoenix Suns.

Depois de jogar em três franquias em três anos, Carter foi jogar no Dallas Mavericks junto com o antigo companheiro de time, Jason Kidd. A dupla  se juntou a outra lenda do esporte, Dirk Nowitzki. A equipe conseguiu um elenco promissor que havia sido campeão no ano anterior, mas que não manteve a hegemonia. Após a saída de Kidd, Vince foi escolhido para ser o sexto homem da franquia, em que atuou até 2014.

Em seguida Vinsanity assinou contrato com o Memphis Grizzlies, mas também não conseguiu nenhum conquista de relevância. Em 2017, trocou Memphis pelo Sacramento Kings que, em um ano de reconstrução, manteve o contrato somente por um ano.  Em seguida, o jogador assinou contrato com o Atlanta, clube em que encerrou a carreira.

Ao todo, ele  foi oito vezes selecionado para o All-star Game e tem uma das maiores pontuações da história da liga. Diferentemente do Dwyane Wade ou Dirk Nowitzki, Vince Carter não terá sua despedida, não terá uma última cesta, uma última enterrada. Sua última partida foi na derrota contra o New York Knicks (131-136). Jogo que ele fez cinco pontos e um rebote, quase nada para o tamanho dele, que poderá ter seu nome no  Hall of Fame. 
Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »