03/07/2020 às 14h21min - Atualizada em 03/07/2020 às 14h15min

Campeonato paraense volta no dia 1 de agosto

Clubes, federação e governo adotaram medidas de proteção para o retorno

Beatriz Reis - Editado por Paulo Octávio
Jogo do Campeonato Paraense. Foto:Jorge Luiz/Paysandu
A Federação Paraense de Futebol divulgou a data para retorno do campeonato estadual. Será no dia primeiro de agosto. Anúncio foi feito nesta quinta-feira (2) após reunião com representantes da entidade e dos dez times que disputam o torneio. Assim, campeonato volta após quatro meses de suspensão  por causa da pandemia de coronavírus.
 
“Uma competição que foi iniciada dentro do campo e será finalizada no campo. Acho que prevaleceu o bom senso. Como as autoridades estaduais e municipais foram de acordo com esse retorno, acho que a gente está em plena condição de fazer os jogos. Tomando todos os cuidados e seguindo o que foi orientado”, afirmou Ricardo Gluck, presidente do Paysandu.

Anteriormente, foram realizadas algumas reuniões entre clubes, prefeitura de Belém e governo do estado do Pará para decidir as medidas de segurança para o retorno. Até que na última semana foi aprovado um protocolo de segurança para realização dos jogos. Ficou acertado que todas as partidas serão realizadas na capital e sem a presença do público.
 
Quem não cumprir as solicitações de prevenção sofrerá graves punições previstas no protocolo. “Precisamos preservar a saúde dos jogadores, então os clubes precisam cumprir os protocolos de segurança, mesmo que não tenha rebaixamento. Caso não seja cumprido, ele perderá pontos e ficará suspenso e não poderá atuar em qualquer competição da FPF por um ano”, afirmou Paulo Romano, vice presidente da federação.
 
Também houve mudança no regulamento. Não haverá time rebaixado e será aberta uma nova janela para inscrições de 15 atletas. Isso ajuda alguns clubes do interior que dispensaram seus atletas, pois não teriam condições de arcar com suas folhas salarias. Devido esse problema, a federação decidiu substituir a quantidade de atletas no regulamento.

“As equipes poderão realizar inscrições substituindo os jogadores já inscritos, no total de 15 atletas por clube. Está vetada a possibilidade de um jogador que atuou pelo time A jogue pelo clube B, para assim preservar o equilíbrio da competição e que não tenha manobras para enfraquecer algum clube específico”, afirmou  Romano. Ele também foi esponsável pela elaboração do protocolo de segurança para o retorno do campeonato

Segundo o presidente do Remo, Fábio Bentes, o Paysandu jogará dia 1 de agosto contra o Paragominas no estádio do Mangueirão, às 19h. Já o Remo, entra em campo dia 2 contra o Águia de Marabá, no estádio Evandro Almeida (Baenão), as 16h. E a última rodada deverá ser realizada  no dia 5 com todos os jogos mesmo horário. Entretanto ficou decidido que Belém seria a única sede.
 

Além da data de retorno, foram divulgadas as datas das semifinais que serão entre 8 e 9 (ida) e 11 e 12 de agosto (volta). Já a final deve ser realizada nos dias 16 e 23. Essas datas ainda podem sofrer alterações por conta do início da Série C do Brasileirão, que depende da confirmação da Confederação Brasileira de Futebol (CBF). Remo e Paysandu são os representantes do Pará na terceira divisão.

Quando o Parazão foi paralisado a tabela geral tinha o Papão como líder isolado e já classifico com 19 pontos. Seguido por Clube do Remo com 17, Castanhal com 14 e Paragominas com 13, ainda podem ser ultrapassados pelo Águia de Marabá, que tem 11.
Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »