06/07/2020 às 17h58min - Atualizada em 06/07/2020 às 17h55min

CBF anuncia o retorno do futebol feminino

Série A1 volta em agosto, já a A2 deve começar em setembro

Guilherme Reis - Editado por Paulo Octávio
Foto: Lucas Figueiredo/CBF

CBF anunciou o retorno do Campeonato Brasileiro Feminino. A Série A1 irá retornar no dia 26 de agosto. Esse dia será para completar a quinta rodada que ficou em aberto, devido a pandemia de coronavírus. As partidas a se realizadas serão: Corinthians x Ferroviária, Santos x Audax e Internacional x Flamengo). Para os outros clubes, a competição irá retornar para todos os clubes no dia 29 de agosto. 
 
Conforme citado no site do Globo Esporte, a Confederação Brasileira de Futebol preferiu iniciar primeiramente com o Brasileiro masculino, no dia 09 de agosto. Intenção é ter certeza de que todos os protocolos sanitários serão respeitados, para que assim comece o feminino. Tendência para começar depois é porque muitas jogadoras não são beneficiadas com planos de saúde oferecidos pelos clubes. Já a Série A2  está prevista para começar no final de setembro de 2020, porém não há data foi confirmada. A projeção da entidade é de concluir o campeonato até novembro. A entidade, até o momento desta publicação, ainda não estipulou datas dos torneios femininos de base sub-14, sub-16 e sub-18.
 
 
Com a confirmação, os clubes já planejam a volta aos treinos, porém muitos ainda estão incertos sobre o retorno do futebol. É o caso do Iranduba, que passa por graves problemas financeiros. Para Lauro Tentardini, diretor de futebol do Iranduba, uma nova ajuda financeira vinda da CBF seria essencial. “Nós estamos torcendo para que saia um novo auxílio da CBF, que eu acho que seria justo com os clubes. A cota do futebol feminino é apenas 15 mil reais e 15 mil reais não paga todas as passagens das meninas para virem para Manaus no começo do ano. Nós somos gratos pela ajuda dos 120 mil reais que recebemos. mas como o campeonato ficou parado por muito tempo e como os jogos serão portões fechados, o auxílio acaba se tornando insuficiente, afirmou Tentardini em entrevista para o Globo Esporte.
 
Já Thais Ribeiro, atleta do Vila Nova, clube que disputa a Série A2, preferia que torneio voltasse quando pandemia estivesse mais controlada. Acho que campeonato deveria acontecer em um momento em que estivéssemos mais certeza de que tudo isso não irá afetar a saúde de nenhuma atleta e a certeza de que é o momento certo para retorno. Mas creio que estudaram todos os riscos antes de divulgarem o retorno. E que vai dar tudo certo se todas as Medidas de Proteção forem tomadas e seguidas”, afirmou a jogadora para o Lab dicas.
 
A Evelyn Monteiro, atacante do Bahia, espera ansiosa pela volta do campeonato e espera o apoio da sua torcida. “Torço para que tudo dê certo, não deixando de lado todos os cuidados necessários para que não venhamos precisar de uma nova pausa como essa. E espero muito que a torcida nos acompanhe, mesmo que seja virtualmente”.

 

Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »