17/07/2020 às 13h23min - Atualizada em 17/07/2020 às 13h19min

Black Mirror: Game da vida real

Brida Helena - Editado por Fernanda Simplicio
A série Black Mirror lançada em 2011 conta um pouco de tudo, com episódios de ficção científica, tecnológica, terror, mídia, redes sociais e muito game. Entretanto, abrange vários estilos quando falamos de gêneros preferidos. 
Mesmo sendo uma série originalmente britânica, “Se baseia na realidade do mundo para direcionar as histórias dos episódios.” Diz, o criador da série queridinha, Charlie Brooker.
O objetivo é levar os visualizadores da série a outro patamar, em um futuro próximo da nossa realidade, é como vivenciar não só à tecnologia, mas viver dentro dela. Onde a tecnologia pode nos levar? 

O vício frenético em redes sociais, game, personagens de histórias, nos faz pensar: Será que eu faria o mesmo que o personagem? 
Inicialmente, em 2011, a  série começou na sua primeira temporada com três episódios e não obteve tanto sucesso. A segunda temporada chegou em 2013 e seguiu o mesmo rumo, sendo privilegiado com mais um episódio: o especial de natal. E em 2015 a Netflix comprou, lançando assim a terceira temporada da série com seis episódios originais, a série “decolou”. 

O primeiro episódio da 3 temporada, chamado “Queda – Livre” chegou com tudo, com críticas ácidas as redes sociais, um mundo onde as pessoas são avaliadas e precisam ‘viver dentro da rede’. Criando uma utopia, onde os menos avaliados são excluídos socialmente, e os mais avaliados tendo consequentemente mais benefícios. Esse episódio trouxe a verdadeira comparação da nossa realidade.
 
O segundo episódio da temporada “Versão de Teste”, também obteve muito sucesso, trazendo uma realidade mais real do que o personagem principal imaginava. Onde ele teve que vivenciar um game e enfrentar seus verdadeiros medos, criados pelo seu próprio subconsciente, enfrentando  seus monstros e vilões de uma forma muito assustadora fugindo do controle; esse foi de arrepiar. 

Sim, a terceira temporada, teve muitas emoções.
Ainda na mesma temporada, a Netflix trouxe o penúltimo episódio “Engenharia Reversa” onde o soldado e sua amiga, tinha a missão de proteger um vilarejo de uma pequena infestação de mutantes conhecidos como baratas. Sobretudo, uma tecnologia armamentista como um pensamento de videogame “proteger o meu país de um monstro”. Os personagens foram privados dos seus sentimentos. “Após sua primeira batalha um inimigo elusivo, um soldado começa a ter sensações estranhas e sentir pequenas falhas técnicas” trás a sinopse. Contudo, deixa a dúvida ‘Será  que o mutante é tão diferente assim do humano?!’ 

A série conta agora com 5 temporadas, com episódios únicos e diferentes atores. Em 2018, a Netflix renovou Black Mirror, mas com um diferencial, um filme da série. 
Black Mirror – Bandersnatch” escrito pelo mesmo criador da série: Charlie Brooker. O filme foi dirigido por David Slade. Ademais, a curiosidade do filme foi a interatividade dos telespectadores. O telespectador pode decidir as escolhas do jovem programador, o principal personagem do filme, ele trabalha em função de ajustar um videogame em um romance fantasia em 1980. 


REFERÊNCIAS:
Canal o nada. “Tudo o que você precisa saber sobre a série ‘Black mirror’ sem spoilers. 1 Nov. de 2016. Disponível em: https://youtu.be/Qc9eQC7i5mo > acesso: 16 Jul. de 2020.

Cria e panda. “Black mirror – o que é essa série? Coxinha nerd”. 10 Nov de 2016. Disponível em: https://youtu.be/EfBSzqhcbX8 > acesso: 17 Jul de 2020.

Cláudia Croitor. 'black mirror': todos os episódios, do melhor para o pior. G1, 18 Jun de 2019. Disponível em: https://www.google.com.br/amp/s/g1.globo.com/google/amp/pop-arte/blog/legendado/post/2019/06/18/black-mirror-todos-os-episodios-do-melhor-para-o-pior.ghtml > acesso: 16 jul de 2020.

Felipe Branco Cruz. ‘Saiba quais são os 5 finais de “Black Mirror: Bandersnatch" e como chegar até eles’. Uol entretê, 28 dez de 2018. Disponível em: https://www.google.com.br/amp/s/entretenimento.uol.com.br/noticias/redacao/2018/12/28/saiba-quais-sao-os-finais-de-black-mirror-bandersnatch-e-como-chegar-ate-eles.amp.htm > acesso: 17 jul de 2020. 
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »