23/07/2020 às 11h45min - Atualizada em 23/07/2020 às 10h43min

"A partir do vestuário podemos contar a história do mundo", afirma designer de moda

Uma simples peça pode revelar um contexto histórico de décadas

Izabella Silva dos Santos - Editado por Larissa Barros
Reprodução/ Blog/ Etiqueta Única

As tendências têm sido moldadas pela história da sociedade e, o nosso jeito de se vestir foi modificado ao longo do tempo. Sendo assim, uma simples peça usada atualmente, pode revelar um contexto de décadas.

Em entrevista à nossa reportagem, a designer de moda Sissa Lira, afirmou que a partir do vestuário podemos contar a história do mundo.
De acordo com ela, todos os acontecimentos ao redor do mundo interferem nas roupas e novas tendências. 

 

"A moda se adapta aos acontecimentos do mundo, como guerras, economia, clima, cultura e principalmente a tecnologia, um bom exemplo disso seria a guerra de 45 em que as mulheres precisaram ir trabalhar, e com a escassez de tecido acontecendo, foi necessário achar outros tecidos alternativos como sarja, e roupas mais utilitárias para as mulheres trabalharem, já que os homens estavam na guerra”, disse. 

 
            

As tendências fashion de séculos atrás continuam com sua força até os nossos dias. Na idade média foram inventados os botões, óculos e os cintos, consideradas na atualidade, peças indispensáveis para composição de um look. Para Sissa, o uso de tendências antigas está relacionado com os influenciadores da sociedade.
 

"Sempre existiram pessoas que ditaram a moda, como o Luís XVII da França que criou o salto por ser de pequena estatura, sendo o salto um influenciador até os dias de hoje", explicou.

 

A designer afirma que o retorno frequente de peças e rápidas mudanças no mundo da moda podem ser explicados pela velocidade dos acontecimentos atuais, e não pela falta de tendências, ou até mesmo pela quantidade exagerada da mesma.

 

"Não acredito que seja falta de tendências, e sim o mundo revivendo uma grande nostalgia da moda e se adaptando ao que vive."

 

Diante da pandemia mundial causada pelo novo coronavírus (covid-19), o nosso jeito de vestir sofreu alterações para se adaptar ao contexto de nossa sociedade. As passarelas mudaram, o jeito de enxergar a moda foi mudado com a situação de isolamento social que enfrentamos. Ainda assim, encontramos fortes referências fashion nos looks "fica em casa".

 

"Na pandemia atual, as pessoas estão procurando peças mais confortáveis como moletons, trazendo referências da história da moda, como as mangas bufantes num conjunto de moletom. As tendências antigas voltam nos dias de hoje, porém adaptadas e modernizadas nas peças atuais”, explicou a designer.

 
Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »