25/07/2020 às 01h00min - Atualizada em 25/07/2020 às 00h59min

Chapada Diamantina: um paraíso no coração da Bahia

Cachoeiras, poços, trilhas e tranquilidade — descubra um roteiro incrível para visitar a Chapada

Mariana Costa - Alexandra Machado
Foto: Reprodução/Segue Viagem

O Parque Nacional da Chapada Diamantina abriga 28 cidades, mais de 70 mil quilômetros quadrados e pode ser visitado durante o ano inteiro. Nesse roteiro você vai conferir lugares incríveis nas regiões de Lençóis, Nova Redenção, Mucugê, Ibicoara e muito mais!

Lençóis

Lençóis fica a 418 quilômetros de Salvador e é por aqui que vamos começar, já que é a porta de entrada pra maioria dos viajantes. Saindo de Salvador, dá pra chegar de ônibus com a Rápido Federal (passagem em torno de 80 reais) ou com alguma empresa de turismo. A cidade é incrível, movimentada na medida certa e com uma estrutura adequada para receber os viajantes.
 

Morro do Pai Inácio

Chegando a tarde, o melhor é ir conhecer o Morro do Pai Inácio (a 30 quilômetros de Lençóis). Com uma trilha rápida e de nível intermediário, em menos de 20 minutos você chega lá em cima para curtir um visual incrível e o pôr do sol melhor ainda, que só a Chapada te proporciona! Confira imagens:


Serrano

Para chegar no Serrano você faz uma trilha curtinha, saindo de Lençóis mesmo. Há piscininhas naturais ótimas pra você relaxar e curtir na água com cor de coca-cola. Lembrando que lá não têm estrutura pra turista, então, é bom levar um lanchinho e sua água. Não se esqueça de levar o lixo embora com você.


Rio Mucugêzinho e Poço do Diabo

A trilha para o Rio Mucugêzinho e Poço do Diabo fica cerca 20 quilômetros de Lençóis, e ao chegar no ponto de partida há uma lojinha com artesanatos super legais! Daí basta seguir a trilha que dura aproximadamente 20 minutos e é considerada leve. Tome cuidado! Se estiver chovendo as pedras ficam escorregadias. Em 5 minutos você chega ao Mucugêzinho e pode se banhar para refrescar nos dias mais quentes, e seguindo por mais 15 minutos você chega ao Poço do Diabo, onde poderá se aventurar nadando. A água é super gelada, mas é uma delícia! Quem se arrisca ama a experiência.


 

Fazenda Pratinha

A Fazenda Pratinha fica em média a 48 quilômetros de Lençóis e a 28 quilômetros da entrada da trilha do Poço do Diabo. Diferente dos outros lugares, a Fazenda Pratinha tem uma baita estrutura pros turistas. Lá é possivel aproveitar várias opções de lazer, como tirolesa, snorkel, fotos subaquáticas e mais!


No fim do dia, nada melhor do que curtir Lençóis. Quem vê a Rua da Baderna na foto abaixo não imagina que durante a noite essa é a rua mais movimentada da cidade! Tem música ao vivo, comidas e drinks deliciosos! Vale a pena curtir a noite de Lençóis, mesmo depois do cansaço das trilhas no dia. Você vai conhecer a cidade em uma vibe totalmente diferente.


Poço Azul

O Poço Azul fica a 95 quilômetros de Lençóis e a 95 quilômetros de Mucugê, então é uma ótima pedida para sair de Lençóis conhecer o Poço Azul e seguir viagem para se hospedar em Mucugê.

De fevereiro até outubro um raio de sol invade o poço, mas mesmo fora dessa época é um local incrível de visitar. O ideal é chegar mais cedo pra evitar encontrar os ônibus de turismo e ter que ficar muito tempo esperando.

Pagando a taxa de visitação, o equipamento de flutuação está incluído. Para entrar no poço deve-se tomar um banho de ducha, mas o melhor é não passar protetor solar e creme de cabelo para não contaminar a água, pois demora pra que ela se renove.

Mucugê

A região de Mucugê abrange muitas trilhas, cachoeiras e passagens inesquecíveis! Uma das trilhas mais próximas da cidade e super tranquila de ser feita é a do Projeto Sempre Viva.

Projeto Sempre Viva & Tiburtino

Aqui você vai conhecer a história do Projeto Sempre Viva e sobre a conservação da planta de mesmo nome. De lá você pode seguir uma trilha leve e em torno de 15 minutos até chegar na Cachoeira do Tiburtino, com pequenas quedas de água e um poço incrível pra relaxar e se refrescar.


Cachoeira das Andorinhas, Sete Quedas & Cachoeira dos Funis

O início da trilha está a dois quilômetros de Mucugê e pode ser acessado de carro. A partir daí são sete quilômetros de caminhada de nível intermediário até conhecer a Cahoeira das Andorinhas e a Cachoeira dos Funis. No caminho entre as duas você vai passar por sete quedas. Durante toda a trilha você pode ver locais que eram explorados pelo garimpo e uma casa que foi construída na época.



Ibicoara

A 82 quilômetrosde Mucugê, em Ibicoara você pode conhecer as Cachoeiras Véu de Noiva, Licuri e as famosas Cachoeira do Buracão e Cachoeira da Fumacinha.

Cachoeira do Buracão

Com toda certeza essa é uma das cachoeiras mais bonitas da Chapada Diamantina. A caminhada é de três quilômetros pelo leito do Rio Espelhado, que forma várias cachoeiras no caminho. Na volta você pode aproveitar e parar em um mirante e também pra comer a famosa coxinha de Ibicoara!





Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »