31/07/2020 às 15h09min - Atualizada em 31/07/2020 às 15h08min

Carlos Boi tem luta marcada no UFC para outubro

Lutador brasileiro tem a oportunidade de conquistar sua primeira vitória na categoria

Ari Junior - labdicasjornalismo.com
Foto:Divulgação Instagram Carlos Boi Felipe
Carlos ‘Boi’ Felipe tem nova luta marcada no Ultimate Fighting Championchip, 03 de outubro, contra o cabo-verdiano Yorgan de Castro. O brasileiro estreou no Ultimate com derrota e por estar bem preparado fisicamente estava à disposição de lutar novamente. Carlos desafiou outro brasileiro, Raphael ‘Bebezão’ Pessoa. “Raphael, é hora de resolvermos nossos problemas, eu venho chamando você desde o ano passado! Lutamos na última semana e não temos lesões, vamos sair na porrada na segunda temporada da Fight Island em outubro! Faça isso acontecer”, disse Carlos Boi em uma publicação no seu Instagram.

A segunda luta do brasileiro acontecerá por uma grande oportunidade dada a ele. Yorgan de Castro enfrentaria o australiano Ben Sosoli. Devido a uma lesão no olho, o australiano não se recuperará a tempo para o combate e ficará se recuperando. Boi foi a melhor opção para substituir Ben. O cabo-verdiano tem um cartel de seis vitórias e uma derrota, cinco vitórias por nocaute. Carlos tem um cartel muito bom, como do seu futuro adversário, computando oito vitórias e uma derrota, e nocauteou seis adversários.

Como curiosidade, os dois tem suas únicas derrotas no Ultimate. Yorgan foi derrotado no UFC 249, em maio, para Calvin Kattar, na decisão majoritária dos árbitros. Carlos Boi enfrentou Sergey Spivak, e também foi derrotado por decisão unânime da arbitragem, no UFC Fight Night, na Ilha de Yas, dia 28. Boi e Yorgan não tem muita rodagem no Ultimate, e buscam espaço para ranquear na categoria dos pesos pesados.

A única luta de Carlos Boi no Ultimate, foi bem polêmica, segundo o atleta. Em entrevista dada para o Canal Combate, Boi falou que está frustrado pela derrota, e acha que o embate terminou empatado. O brasileiro conta que venceu os dois primeiros rounds do embate, enquanto o seu adversário, Sergey Spivak, venceu o terceiro com maior vantagem. O jovem lutador baiano, natural de Feira de Santana, pensou até em revanche com o moldavo. No final da luta, os dois trocaram farpas e o clima não ficou muito bom, a ponto dos árbitros separarem os lutadores. Uma rivalidade entre os dois foi iniciada.

Carlos ‘Boi’Felipe tem uma história de vida muito interessante. Sofreu com problemas de obesidade na adolescência e se encontrou no esporte por acaso, até perceber que tem talento. Natural de Feira de Santana, interior da Bahia, Carlos Boi iniciou sua carreira profissional no MMA, nocauteando seis adversários, até que chamou a atenção do presidente do Ultimate Fighting Championchip, Dana White, e foi contratado. Sofreu com problemas de doping e esperou quase três anos, depois de algumas tentativas, para estrear na categoria.
Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »