03/08/2020 às 15h00min - Atualizada em 03/08/2020 às 14h53min

Plataformas digitais facilitam o acesso à leitura e servem como vitrine para novos autores

Com um ambiente livre para criação e compartilhamento de obras literárias, plataformas têm sido alternativa para leitores e escritores

Thainá Souza - Editado por Bruna Araújo
Sucesso entre adolescentes e jovens, o Wattpad é uma plataforma criada em 2007, pelos amigos Allen Lau e Ivan Yuen, dedicada à publicação de livros e obras literárias que têm servido como vitrine para iniciantes na arte da escrita.

Apesar de o objetivo ser facilitar o consumo de literatura na internet e encorajar o compartilhamento de histórias autorais, a plataforma canadense resolveu publicar livros famosos que já estavam em domínio publico, como Orgulho e Preconceito, para atrair os primeiros usuários.

Disponível para IOS, Android e Blackbery desde 2008, em 2011 o Wattpad já contava com 1 milhão de usuários registrados.

A parte estrutural e de layout da plataforma simples e intuitiva permite que leitores e autores acessem pelo computador ou smartphone oferecendo uma experiência agradável seja para leitura dos livros ou para edição dos textos.

Muito popular entre os amantes das chamadas fanfics, histórias fictícias criadas pelos próprios fãs onde o ídolo está envolvido no enredo, a plataforma tem tido grande importância para jovens escritores que têm o desejo de publicar suas obras próprias, mas que não conseguem ter visibilidade no mercado editorial.

Graças a essa visibilidade, a autora Stephanie Silvrac, autora do livro Um Amor de Verão (que logo entrará na pré venda) foi descoberta por uma editora que se interessou por seu trabalho e a contratou para publicação de seus livros. “Na hora eu nem acreditei” diz ela.

Sobre a qualidade das obras e as oportunidades oferecidas no setor literário ela pontua que “Existem muitos autores bons, mas que não tem chance no mercado porque muitas vezes as editoras estão focadas mais em importar obras de autores internacionais do que relevar novos autores brasileiros”.

Além de abrir portas para novos autores serem descobertos, não podemos esquecer do papel fundamental que plataformas como essa desempenham em relação ao incentivo a leitura e a facilitação do acesso a livros por ser totalmente gratuita.

“Tenho algumas leitoras que leem muito, fico impressionada. Elas acompanham muitos livros ao mesmo tempo e talvez, se não existissem essas plataformas gratuitas, elas não leriam tanto porque se parar pra pensar o quão caro é um livro no Brasil, não cabe no orçamento de todos”, conclui Stephanie.


Mesmo com a presença massiva do público jovem é possível um ambiente muito democrático e tem espaço para todos. Anamaria Pereira,  agrônoma e estudante de psicologia, conta que conheceu o site através de um anúncio no Facebook uns 5 anos atrás e desde então tem sido leitora assídua dos livros lá hospedados. “Sempre li muito, com o Wattpad passei a ler bem mais pela facilidade”.

Assim como ela, a estudante Millena Silva também marca presença como leitora e autora: “Acesso todos os dias para ler nem que seja um capítulo, acompanho muitos autores por lá”.

As publicações online podem não ficar restritas apenas ao universo literário, mas podem se transformar em obras audiovisuais, como é o caso de A Barraca do Beijo, comédia romântica escrita por Beth Reekles publicada em 2011 e lançado na Netflix em 2018, e com continuação recentemente lançada, e o romance new adult After (2014) o livro mais lido do Wattpad, escrito por Anna Todd que chegou as telonas em 2019 e já também já tem continuação confirmada.
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »