22/08/2020 às 19h59min - Atualizada em 22/08/2020 às 19h39min

Bayern e PSG fazem final inédita na Liga dos Campeões

A equipe alemã tenta seu sexto título diante da equipe francesa, que faz a primeira final em sua história

Gustavo Cardozo Moraes - labdicasjornalismo.com
"Amanhã [domingo] é uma boa oportunidade de mostrar que somos um grande da Europa", disse Mbappé. Foto: MATTHEW CHILDS / POOL / AFP
Bayern de Munique e Paris Saint-Germain se enfrentam neste domingo (23), pela final da Champions league. O jogo será disputado no Estádio da Luz, em Lisboa, às 16h (Horário de Brasília). A decisão não contará com a presença de público, assim como nas fases anteriores, seguindo o protocolo da UEFA. Essa foi uma das medidas que a organização tomou para evitar o contágio do Coronavírus.

O PSG disputará sua primeira final de Liga dos Campeões. Neymar, Mbappé, Di Maria e companhia, conseguiram esse feito nesta temporada. Até então a melhor campanha do clube francês tinha sido na temporada 94/95, quando perdeu na semifinal para o Milan.

Já a equipe do Bayern é um clube bastante tradicional no cenário europeu. O time da Baviera chega a sua decima primeira final de Champions league. Na era moderna da Liga dos Campeões, de 1993 até hoje, os alemães irão disputar sua sexta final de liga, atrás apenas do Real Madrid, que disputou sete finais de lá para cá. A equipe da Alemanha tenta buscar o sexto título de sua história.

PSG


O goleiro Keylor Navas, que se recupera de lesão no bíceps femoral, deve estar disponível para a grande final. O arqueiro do PSG se machucou na partida das quartas de final, diante do Atalanta e não jogou contra o Leipzig, dando vaga a Sergio RicoCom o goleiro recuperado, Tuchel terá todo o elenco disponível para a decisão. Essa final também será marcada, por ser última partida do zagueiro brasileiro, Thiago Silva, que não renovou seu contrato com o clube francês. 

Os franceses ainda não contaram com todos os jogadores após a volta da Champions. Contra o Atalanta, o time entrou cheio de desfalques. Di Maria, estava suspenso, Mbappé não entrou como titular, pois vinha se recuperando de lesão, Verratti Kurzawa também estavam lesionados e não foram relacionados. Contra o Leipzig, o único desfalque foi Navas.

O time francês se classificou em primeiro lugar no grupo A, com 16 pontos e deixou o poderoso Real Madrid em segundo colocado. Nas oitavas de final, a equipe comandada por Thomas Tuchel, eliminou o bom time do Borussia Dortmund. Nas quartas de final, após a parada da pandemia, o PSG eliminou o Atalanta em jogo único, com direito a virada nos acréscimos. Assim, avançou a semifinal, em que encarou o RB Leipzig. O time de Neymar mostrou todo favoritismo e bateu o clube alemão por 3 a 0. Agora a equipe da francesa fará sua primeira final em seus 50 anos de história, diante do  Bayern de Munique.


Cabeçada do Marquinhos que abriu o placar contra o Leipzig  Foto: "Reprodução/esporte.R7.com" 

Provável escalação: Navas; Keher, Thiago Silva, Kimpembe e Bernat; Marquinhos, Paredes e Verratti; Di Maria, Neymar e Mbappé; Técnico: Thomas Tuchel.

BAYERN DE MUNIQUE 


Bayern de Munique deve ir com força máxima para a grande decisão. O único desfalque que os alemães tiveram na Liga dos Campeões após a volta, foi o lateral direito, Pavard. O jogador já está recuperado e entrou no segundo tempo contra o Lyon.

A equipe alemã dominou o grupo B, terminou a fase com 100% de aproveitamento, sendo 18 pontos em seis jogos e deixou o vice-campeão da temporada anterior, Tottenham, em segundo do grupo. O clube alemão ficou marcado pelas goleadas aplicadas no decorrer da competição. Ainda na fase de grupo, o Bayern meteu 7 a 2 na equipe inglesa em pleno Tottenham Hotspur Stadium.

 Após a fase de grupo, o time comandado por Hans Flick atropelou o Chelsea pelas oitavas de final, com o placar agregado em 7 a 1. Nas quartas de final, o clube da Baviera, tinha uma parada difícil, nada mais, nada menos que o Barcelona de Lionel Messi. Porém, Thomas Müller, Lewandowski e companhia golearam a equipe catalã por 8 a 2. Na semifinal, os alemães tinham pela frente, a equipe do Lyon, que havia eliminado o bom time do Manchester City e anteriormente a Juventus de Cristiano Ronaldo. Mas o Bayern comprovou o favoritismo e bateu os franceses por 3 a 0. Agora a equipe enfrenta o PSG, de Neymar Mbappé e Di maria para conseguir o hexacampeonato da principal competição da Europa.


Lewandowski comemorando o terceiro gol, que garantiu a vaga para a final  Foto:"Reprodução/correio24horas.com.br"


Provável escalação: Neuer; Kimmich, Boateng, Alaba e Davies; Thiago Alcântara, Goretzka e Gnabry; Perisic, Müller e Lewandowski; Técnico: Hans Flick.

HISTÓRICO DE CONFRONTOS 

As duas equipes se enfrentaram oito vezes em partidas oficiais, todas elas foram válidas pela fase de grupo da Champions League. A equipe francesa leva uma ligeira vantagem em números de vitórias, são cinco resultados favoráveis para o PSG e três para o Bayern, as equipes nunca empataram. Porém, o placar mais elástico, é da equipe alemã, uma goleada de 5 a 1, na fase de grupo da temporada 97/98. Os franceses balançaram as redes da equipe da Baviera 12 vezes. E o Bayern anotou 11 gols. Os clubes ainda se enfrentaram em um amistoso da FIFA em 2018. Os Bávaros venceram por 3 a 1. 

Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »