01/10/2020 às 01h08min - Atualizada em 01/10/2020 às 01h04min

São Paulo é eliminado da Libertadores com uma rodada de antecedência

Joia do River Plate, Julian Álvarez brilha e faz os gols da vitória; Tricolor agora busca vaga na Sul-Americana

Bianca Costa - labdicasjornalismo.com
River quebra um tabu: pela primeira vez o time argentino derrotou o São Paulo na Libertadores. (Foto: Staff Images/Conmebol)

São Paulo deu adeus à Libertadores após perder por 2X1 para o River Plate, na Argentina, nessa quarta-feira (30).Os dois gols do Julian Álvarez no primeiro tempo acabaram com as chances do tricolor paulista de contínua na competição. Diego Costa  descontou. Essa foi a primeira vez na Libertadores que o time argentino conseguiu vencer o São Paulo. O Tricolor está com quatro pontos um a mais do que o Binacional, lanterna do grupo e adversário da última rodada. Peruanos e brasileiros disputam a vaga na Copa Sul-Americana e para não ficar na lanterna; tricolor precisa do empate para se classificar. 

Após a derrota, o técnico Fernando Diniz lamentou na coletiva a eliminação na fase de grupos.  Ano passado conseguimos avançar para a Libertadores. Neste ano fomos eliminados em duas competições. Nesse quesito não tem o que falar. A gente tinha que ter avançado e ter dado um título para o torcedor no Paulista e avançar na Libertadores. A gente tem que seguir. O trabalho está sendo feito. Estamos perto das vitórias e não temos conseguido. Temos que acreditar, ser persistentes e melhorar aquilo que precisamos. O São Paulo tem mais duas competições e tem chances reais de ganhar,” relatou
.

Diniz lamenta eliminação do São Paulo: "São Paulo não é time para cair na fase de grupos". Foto: Reprodução/ Conmebol
 

PRIMEIRO TEMPO 
 

Antes mesmo dos 10 minutos o River já abriu o placar. Com passe de De La Cruz, Julian Álvarez marcou. O empate veio aos 26 minutos, após Reinaldo cobrar escanteio, o zagueiro Diego Costa fez de cabeça.  Mas, com mais um erro do sistema defensivo do São Paulo, não demorou muito para o River virar o jogo novamente com gol de Julian Álvarez.   
 

 SEGUNDO TEMPO 
 

Já no segundo tempo, o River conseguiu fazer o São Paulo jogar no seu ritmo. Brenner entrou na volta do intervalo, mas apenas criou uma boa chance no começo, o técnico Fernando Diniz colocou na metade do segundo tempo, Santigo Tréllez e Paulinho Boia. Mas o time brasileiro deixou claro que tinha dificuldade na construção e na conclusão das jogadas. Após rebote do goleiro Armani, em chute de Boia, o colombiano Trellez, com gol vazio, perdeu a chance de empatar o jogo. Antes ele perdeu uma grande oportunidade em uma cabeçada.  No minuto final Juanfran se estranhou com e criou uma confusão que foi apartada. Aí foi só esperar o árbitro apitar e decretar ponto final na campanha do São Paulo na Libertadores.

 

PRÓXIMOS JOGOS 
 

O próximo compromisso do São Paulo é pelo Brasileirão. No domingo (04), o time enfrenta o Coritiba, às 16h, no Couto Pereira. Já pela Libertadores, o Tricolor joga a última rodada contra o Binacional, no dia 20 de outubro, no Morumbi. Clube paulista precisa de um empate para conseguir a vaga para a Sul- Americana, última competição que foi campeão em 2012. Já o River Plate  joga também no dia 20 de outubro, contra a LDU, que tem 12 pontos, para definir a liderança do grupo D.  

 


Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »