14/10/2020 às 14h11min - Atualizada em 14/10/2020 às 14h07min

The 355: o novo 007 feminino

Confira os detalhes do filme e sua proposta inovadora para a indústria cinematográfica.

Cícera Gledys Ramos - Editado por Fernanda Simplicio
The 355 é um filme de espionagem americano que será lançado em janeiro de 2021, dirigido por Simon Kinberg. O longa será estrelado por Lupita Nyong’o, Jessica Chastain, Penélope Cruz, Fan Bingbing, Diane Kruger, Sebastian Stan e Édgar Ramirez.
O filme abordará temas de espionagem, intriga política e viagens internacionais. Pensando nesses assuntos, muitos estão considerando The 355, o novo 007 e Missão Impossível. Porém haverá mudanças quanto ao elenco, pois esse filme será protagonizado por mulheres.

Uma espiã americana irá liderar um grupo de agentes mulheres, que estão espalhadas pelo mundo para combater uma organização, que está tramando um plano que causará um problema global.

No primeiro trailer da trama, Jessica Chastain, aparece como uma agente independente que precisa unir outras agentes de inteligências diferentes: Americana, Britânica, Alemã, Colombiana, Chinesa.

Elas terão que aprender a lidar com diferentes culturas e políticas para fazer o grupo de superespiãs funcionar, porque agora as agentes têm um inimigo em comum e se não o impedirem, a 3° Guerra Mundial será iniciada.
O longa promete muitas cenas de ação e um ritmo bem acelerado.

O trailer também traz uma versão de “Run this town”, da Rihanna e do Jay-z, com uma pegada mais assombroso, o que combina com a trama.

Confira o trailer



The 355 na NYCC (New York Comic Con) virtual
Durante o terceiro dia do evento, as atrizes Jessica Chastain, Lupita Nyong’o, Diane Kruger e Fan Bingbing, falaram sobre o que elas esperam que o filme cause no público e na indústria do cinema.

Meus objetivos e sonhos para The 355 é que simplesmente aceitemos o fato de que as mulheres são incríveis”, disse Chastain. “Estou animada para que a sociedade comece a reconhecer o que está acontecendo em nosso mundo”.
Jessica completa falando que ao fazer um filme sempre imagina como as meninas de treze anos irão se sentir: “Todos nós sabemos que quando você vê exemplos de que é possível, eu queria mostrar o quão importante as mulheres são na sociedade, especialmente no campo da espionagem internacional”, disse ela.

A atriz também contou que a idealização de The 355 veio enquanto ainda trabalhava em Zero Dark Thrity, onde a ideia seria remontar a década de 60. Ela disse que a série de números era na verdade um código para a primeira mulher espiã na Guerra Civil Americana, uma mulher que desde então não tem nome e é subestimada.

Diane Kruger disse que trabalhar com um elenco e equipe em um filme que centra mulheres fez com que ela e seus colegas de elenco se sentissem valorizados. Ela acrescentou que as mulheres puderam trazer seus filhos para o set, o que fez a produção parecer uma família.

Confira a entrevista







REFERÊNCIAS:
Brito, Ju.
 Tudo que rolou no painel de 'The 355' na NYCC virtual. Coxinha Nerd, 11 de Out. de 2020. Disponível em: <http://www.coxinhanerd.com.br/the-355-painel-nycc/>.  Acesso em: 11 de Out. de 2020.

Martini, Viviane. Confira o trailer de "The 355". Update or die, 6 de Out. de 2020. Disponível em: <https://www.updateordie.com/2020/10/06/confira-o-trailer-de-the-355/>.   Acesso em: 9 de Out. de 2020.

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »