14/10/2020 às 16h22min - Atualizada em 14/10/2020 às 15h56min

Eleições 2020: Conheça Evandro Glória, candidato à prefeitura de Volta Redonda

Candidato do partido Cidadania respondeu algumas perguntas sobre saúde, educação e esporte, meio ambiente, geração de emprego, mobilidade urbana e segurança pública.

Lucas Mathias - labdicasjornalismo.com
Foto/Divulgação: Instagram
A corrida eleitoral já começou, e o município de Volta Redonda-RJ possui 13 candidatos à prefeitura da cidade. Dentre eles, Evandro Glória, que está na disputa pela cadeira do poder executivo da cidade pelo partido Cidadania. Ele participa do quadro #EntrevistaComOCandidato, que reunirá todos os que aceitarem o convite. Glória foi contador por 43 anos e diz ter experiência para lidar com a gestão da cidade. Seu vice é o professor e diretor administrativo do Volta Redonda Futebol Clube (VRFC), Alex Bôsco.

Questionado sobre o porquê da candidatura, Evandro disse querer prestar serviço à comunidade volta-redondense e corrigir as distorções éticas que foram empregadas nos últimos 24 anos pelos gestores públicos que ocuparam a cadeira de prefeito da cidade "q
uero colocar a prefeitura em ordem e não cometerei os erros dos últimos 24 anos. Decidir doar meu tempo e meu CPF para a população”, justificou. 

Em seguida, o candidato foi questionado sobre os seguintes temas de interesse público: saúde, educação e esporte, meio ambiente, geração de emprego, mobilidade urbana e segurança pública.

Saúde

Evandro criticou a falta de equipamentos necessários para a realização de exames na cidade, além do tempo de espera para uma consulta médica. Ele disse que é necessária uma organização eficiente e comprometida por parte da secretaria de saúde da cidade.

 
“É necessário reestruturar com urgência a administração da secretaria de saúde, com treinamento e capacitação dos servidores”, disse ele.

Sobre as Organizações Sociais de Saúde (OSS), garante que em uma possível gestão, as OSS não voltariam a administrar os hospitais da cidade.
“O município irá administrar. Haverá uma supervisão sempre que possível, do prefeito e do secretário de saúde da cidade, para que os servidores possam ser ouvidos e seus pedidos atendidos”, apontou o candidato.

A falta de medicamentos também foi debatida. Segundo Glória, é necessário que haja um estudo para saber onde estão os medicamentos que os cidadãos necessitam e o porquê que eles não chegam aos pacientes.
 
“Temos que saber se está havendo desvio desse medicamento. É necessário que este chegue ao cidadão com urgência”, disse.  

Educação e Esporte

De acordo com o candidato, a educação será prioridade em seu governo. 
“Pretendo criar algumas grades extracurriculares. Conversarei também com os diretores escolares para que possamos pontuar as necessidades de cada escola”, contou.

Além disso, a estrutura das escolas também foi comentada. Segundo ele, é inadmissível que os alunos não tenham um ambiente escolar com uma infraestrutura de qualidade para o estudo. Ele alega que não pode prometer nada, pois a prefeitura está endividada, mas que fará o melhor para corrigir os problemas da educação na cidade.

No esporte, o candidato atentou-se a colaboração dos professores de educação física da cidade. 
“Meu projeto é encher as praças e ginásios de Volta Redonda todos os dias com atividades esportivas supervisionadas pelos profissionais de educação física”, explicou.

Meio Ambiente

A coleta seletiva foi escolhida como um dos temas no que diz respeito ao meio ambiente.  Segundo Evandro, a prática será ensinada às crianças desde pequenas. 
“Pretendo desenvolver um projeto de educação ambiental nas escolas, em que as crianças serão motivadas a levar o seu lixo até lá, para que assim, as cooperativas possam recolher o lixo diariamente e também gerar renda”, esclarece o candidato.

Em relação aos danos ambientais causados pela Companhia Siderúrgica Nacional (CSN), ele diz ser algo normal, que toda cidade industrial possui problemas ambientais. Porém, garante que haverá diálogo com o setor ambiental da empresa, para que se busquem caminhos acessíveis de modo que diminuam os danos ambientais causados. Além disso, o candidato da Cidadania planeja um projeto para o monitoramento do ar na cidade.
 
“Hoje, quem controla o monitoramento do ar na cidade é a CSN. Temos um projeto para que isso mude”, finalizou.

Geração de Emprego

Glória afirma ser necessário uma motivação do poder público ao microempreendedor individual, para que ocorram investimentos em outros negócios. 
“Pretendo criar a feira municipal do empreendedorismo, onde haverá treinamento e capacitação de novos empreendedores e também para aqueles que já estão no ramo”, disse Evandro. 

E finaliza dizendo que a iniciativa não gerará custos para Volta Redonda, e sim emprego e renda.

Mobilidade Urbana

O transporte público de Volta Redonda é bastante criticado pela população local. Frente a isso, Evandro declara que o primeiro ato de seu governo será a criação de novas licitações para o transporte público da cidade.

 
“Enfrentaremos esse problema e faremos o acerto. É um absurdo a gerência deste problema em Volta Redonda há tantos anos”, explicou.

Em relação às ciclovias, o candidato afirma que irão ocorrer reformas nas já existentes dentro da cidade, além da reorganização das rotas, correção das distorções e, futuramente, a ampliação deste serviço. Ele alega ser necessário a realização de um estudo técnico com engenheiros ambientais e de tráfego, para que se encontrem soluções inteligentes, visando à preservação do meio ambiente.
 
“Garanto que, em quatro anos, algo sairá do papel. Em nosso meio, há profissionais muito competentes para que isso se torne realidade”, argumentou.

O candidato também diz ter em mente um projeto de educação e mobilidade urbana dentro das escolas.

Segurança Pública

Em seu governo, ele diz que haverá uma reformulação do Centro Integrado de Operações de Segurança Pública (CIOSP). "O 
governo atual desestruturou todo o sistema. Há várias câmeras queimadas e sem reposição. Reformularemos o CIOSP”, garantiu.

Além disso, afirma que a guarda municipal voltará a atuar nos pontos estratégicos da cidade.  
 
"Haverá uma sensação de segurança com os guardas municipais nas ruas", finalizou. 
Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »