15/10/2020 às 00h37min - Atualizada em 15/10/2020 às 00h23min

São Paulo empata com o Fortaleza no Castelão pelas oitavas da Copa do Brasil

Mesmo com dois a mais, time do técnico Fernando Diniz não consegue vencer fora de casa

Bianca Costa - editado por Wesley Bião
Partida de Ida no Castelão termina em empate. Foto: Kely Pereira / Estadão Conteúdo

Mais um reencontro do ex-goleiro são-paulino e agora técnico do Fortaleza, Rogério Ceni, com o São Paulo. Dessa vez, pela primeira partida das oitavas de finais da Copa do Brasil, que terminou empatado em 3x3. Tinga, Gabriel Dias e David marcaram para os cearenses enquanto Luciano e Brenner, duas vezes, marcaram para os paulistas.

O Tricolor Paulista, que busca seu primeiro título da competição, mostrou novamente falhas na sua defesa e mesmo com dois jogadores a mais durante boa parte do segundo tempo não conseguiu voltar para casa com a vitória.

PRIMEIRO TEMPO


A estreia dos dois times pela competição já começou com um primeiro  tempo movimentado. Aos cinco minutos, David abriu o placar para o  Leão, aproveitando o rebote do goleiro Tiago Volpi. Mais tarde, aos 17 minutos, Brenner  conseguiu igualar a partida. Mas só bastou mais cinco minutos para o  time da casa voltar à frente do placar com Tinga, que aproveitou o vacilo do time  paulista na saída de bola. No final do primeiro tempo, com cruzamento rasteiro do lateral tricolor Igor Vinicius, Luciano finaliza e empata novamente, terminando o primeiro tempo com o placar de 2x2.

SEGUNDO TEMPO


Assim como a primeira etapa, o segundo tempo também começou movimentado. Aos sete minutos Felipe Alves, goleiro do Fortaleza, foi expulso por falta fora da área em Brenner. Num primeiro momento o árbitro Rodolpho Toski Marques mostrou o cartão amarelo, porém após auxilio do VAR decidiu expulsar o jogador.

Mesmo com um a menos os donos da casa não recuaram e aos 20 minutos Gabriel Dias ganhou do zagueiro Diego Costa e cabeceou, marcando o terceiro gol do Leão do Pici. No final da  partida aos, 43 minutos, mais uma expulsão pelo lado fortalezense: Carlinhos recebeu cartão vermelho por demorar a sair de campo quando foi substituído. No mesmo lance, o técnico Fernando Diniz também recebeu cartão vermelho por reclamação. Nos acréscimos de nove minutos Brenner, mais uma vez, marcou e fez com que a primeira partida das oitavas terminasse empatada.

Ao final da partida Gabriel Dias comentou sobre seu gol e dedicou a sua avó: "Esse gol vai para a minha avó que faleceu ontem. Mandar para a minha mãe, minha família. Eu não queria falar nada, mas com  esse gol eu tenho que homenagear ela. No começo ela me ajudou muito. Que descanse em paz. Um beijo na minha família, porque com certeza ela está em um lugar melhor,” relatou.



Gabriel Dias comemora o gol que marcou e dedicou a sua avó - Foto: Kid Junior/SVM
 

Brenner, artilheiro do jogo com dois gols, ressaltou a dificuldade  de enfrentar o Fortaleza: "Jogo difícil. Jogar contra o Fortaleza é sempre complicado. Nosso poder de reação estava muito bom. Fomos buscar o jogo três vezes. Não é o melhor resultado, mas dá para buscar a classificação. Um time forte, bola aérea qualificada. Mas enfatizar o poder de entrega da nossa equipe. Tivemos reação três vezes. Não conseguimos sair com a vitória,  mas o ponto fora de casa é válido, afirmou o atacante no final da partida.


PRÓXIMOS CONFRONTOS

Os próximos confrontos das duas equipes são pelo Campeonato Brasileiro. O Fortaleza tem encontro marcado com o Palmeiras,em casa, no domingo (18) às 20h30. Já o São Paulo recebe o Grêmio no Morumbi às 21h do sábado (17).

O jogo de volta pela Copa do Brasil está marcado para o dia 25 de outubro às 20h30 no Morumbi. 

Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »