05/05/2019 às 15h33min - Atualizada em 05/05/2019 às 15h33min

SESI-SP conquista vitória e garante quinto jogo contra o Taubaté na final da Superliga de Vôlei Masculino

Com muita inspiração, SESI-SP faz 3x1 no Taubaté e deixa série empatada.

Luiza Pietra - Editado por Carlos Henrique Correia

Lipe como destaque da noite | Foto: Danilo Sardinha/GloboEsporte.com


Aconteceu na última noite de sábado (4), na Arena Suzano, o quarto confronto da série melhor de cinco entre as equipes SESI-SP e Taubaté pela final da Superliga Masculina de vôlei masculino. Após ter perdido o último confronto por 3x2 na terça-feira (30), o time paulista precisava vencer para continuar na disputa pelo título. Com uma ótima apresentação, o ponteiro Lipe já começou o jogo mostrando que seu time iria em busca da vitória.

Em um jogo agitado na Arena Suzano, a equipe da capital soube administrar o jogo e venceu o Taubaté por 3 sets a 1, com parciais de 25/22, 25/23, 18/25 e 25/21. Com essa vitória, a série ficou empatada em 2 a 2, o que leva a ter o quinto jogo para definir o campeão.

A partida que encerra a temporada 2018/2019 da Superliga será no próximo sábado (11), novamente na Arena Suzano, às 21h30, com transmissão ao vivo do SporTV 2.
 
O jogo

O jogo começa com Alan no saque e sem precisar forçar muito, abre a contagem. Logo em seguida, Lucarelli, um grande adversário do time da capital empata para o Taubaté. Set bastante disputado, duração de 30 minutos, sem ninguém tomar a frente no placar, mas com Lipe marcando uma bela passagem pelo saque com três aces.
Final de set: 25/22, 1 a 0 SESI-SP.
 
SESI-SP aumenta sua vantagem
O segundo set começou marcado por uma queda de energia que zerou o placar e apagou o telão. Os jogadores da capital se incomodaram e precisaram improvisar com as placas de substituições para que ficassem informados do placar. No jogo, o Taubaté buscava o empate, Lucarelli na pancada, virou o placar em 18/17, mas o SESI-SP não dava espaço. Na reta final do set, placar apertado, Lucas Lóh chegou ao set point e no ataque Alan fecha o segundo set.
Final: 25/23, 2 a 0 SESI-SP.
 
Taubaté reage 
O terceiro set se inicia com o Taubaté na frente, no segundo saque a arbitragem marca um pisão do ponteiro, Lucarelli, na linha. O lance causa confusão e Renan Dal Zotto, técnico da equipe do interior de São Paulo reclama bastante, chegando até a invadir a quadra para contestar a marcação, o que lhe gerou um cartão vermelho, dando além do ponto de Lucarelli na linha, mais um ponto referente ao cartão, 2/1 SESI. Esse conflito gerou um gás ao Taubaté, que fez o placar chegar em 7/3, forçando o técnico da outra equipe, Rubinho, parar o jogo. A vantagem continuou e foi a 10/6.


Reação dos jogadores Conte, Lucarelli e Abouba ao reagirem na partida | Foto: Danilo Sardinha/GloboEsporte.com

SESI buscou uma reação, mas dessa vez não conseguiu, além de Lucarelli, outro jogador estava disposto a usar a força ao seu favor, Conte, outro ponteiro do Taubaté, se impôs e não deixou o time da capital correr atrás do placar. A entrada do meio, Athos, fez a vantagem disparar a 21/14 com uma belíssima passagem pelo saque, marcando dois aces seguidos. Douglas Souza que se limitava no jogo por conta de uma lesão no tornozelo, fechou o set em 25/18, deixando os torcedores de seu time acreditarem que ainda havia esperanças de ser campeão na mesma noite.
Final: 25/18 Taubaté, 2 a 1.
 
SESI-SP volta com força total para o quarto set
O início do set foi equilibrado, até o SESI abrir 12/9, depois do bloqueio de Lucas Lóh. O time paulista se desconcentrou, teve uma sequência de erros e permitiu o empate em 13/13.
Mas a possível conquista do campeonato do lado do Taubaté deu forças para o SESI, que abriu 18/16 e continuava na esperança de levar a partida para o quinto jogo, mas que logo em seguida, na pancada de Vissotto, empatou em 18/18. Rubinho pediu um tempo e funcionou, o time da capital voltou à frente até fechar o set com Alan.
Final: 25/21, 3 a 1 SESI-SP.


Jogadores do SESI-SP comemoram após ganhar o quarto confronto| Foto: CBV/Twitter

Os times entraram em quadra com a seguinte formação:
Taubaté: Rapha, Vissotto, Lucão, Otávio, Conte e Lucarelli. Líbero: Thales. 
Durante a partida: Abouba, Uriarte, Douglas Souza e Athos.
Técnico: Renan Dal Zotto
SESI-SP: William, Alan, Éder, Gustavão, Lucas Lóh e Lipe. Líbero: Murilo.
Durante a partida: Franco, Renato, Evandro, Pureza e Barreto.
Técnico: Rubinho


Ponteiro Lipe, eleito melhor em quadra| Foto: CBV/Twitter

Destaque para Lipe, vencedor do Troféu VivaVôlei, marcando 16 pontos na partida, Alan, seu companheiro de equipe, marcando 21 pontos e Lucarelli, da equipe oposta com 20 pontos ao todo na partida.
 
Lembrando que a última partida dessa sequência acontece no sábado (11), às 21h30 no horário de Brasília, na Arena Suzano, agora com SESI-SP como mandante.

 
Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »