23/10/2020 às 22h31min - Atualizada em 23/10/2020 às 22h00min

Chico Science recebe homenagem em descoberta de novo crustáceo

Nova espécie de camarão recebeu o nome de 'Chicosciencea Pernambucensis' em homenagem ao ícone da cultura pernambucana

Fábio Henrique - Revisado por Jéssica Natacha
Gabriel Lucas Bochini e Hélio Arruda
(Foto: Reprodução/ Reverb)

O cantor e compositor Francisco de Assis França, mais conhecido como Chico Science, ícone da cultura Pernambucana, recebe homenagem na descoberta de um novo crustáceo no litoral de Pernambuco. O novo camarão foi batizado de Chicosciencea pernambucensis.

O professor Dr. Alexandre Almeida teve a ideia de colocar o nome do artista na espécie 
como forma de aproximar a ciência das camadas mais populares da sociedade e homenagear o cantor pernambucano Chico Science, morto em 1997 em um acidente de carro. O artigo científico A new genus and species from Brazil of the resurrected family Macromaxillocarididae Alvarez, Iliffe & Villalobos, 2006 and a worldwide list of Stenopodidea (Decapoda) foi publicado na revista científica Journal of Crustacean Biology da Universidade Inglesa de Oxford.

(Fonte: Arquivo Pessoal/ Dr. Gabriel Lucas Bochini)

O trabalho desenvolvido pelos pesquisadores Gabriel Lucas Bochini, Andressa Maria Cunha, Mariana Terossi e Alexandre Oliveira de Almeida fazia parte de um Projeto de Pós-Doutorado e teve financiamento do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq) e da Fundação de Amparo a Ciência e Tecnológia do Estado de Pernambuco (FACEPE). Um dos objetivos do artigo era fazer um levantamento das espécies de camarões na Praia de Suape e na Praia dos Carneiros, ambas em Pernambuco.

Para a captura dos animais, foram construídos atratores artificiais que simulam o refúgio deles. Em uma das análises, houve a descoberta de um camarão que possuía características morfológicas diferentes dos demais e com menos de um centímetro.


Segundo o Dr. Gabriel Lucas Bochini houve uma comparação com todas as noventa e uma espécies de camarão existentes no mundo."Para ter certeza absoluta, fizemos uma parceria com a Profa. Dra. Mariana Terossi da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS), que ajudou na para análise molecular nesse camarão. Além de confirmar que se tratava de uma nova espécie, o exame mostrou também que era um novo gênero” diz ele.

A descoberta do animal ocorreu antes do vazamento do óleo nas praias do Nordeste e ainda não existem pesquisas conclusivas que apontem como o fenômeno impactou a nova espécie. O cantor Chico Science foi um dos líderes do movimento Manguebeat, que misturava diversos elementos da cultura pernambucana com a cultura pop em geral e tinha como símbolo outro crustáceo, o caranguejo, por ser uma das formas de vida típicas do mangue.

Chico influênciou uma legião de fãs, reforçando o sentimento de pertencimento à cultura pernambucana rica e original. O movimento manguebeat também serviu de influência para diversas bandas do exterior pela presença de diversos ritmos e instrumentos.
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »