25/10/2020 às 02h20min - Atualizada em 25/10/2020 às 02h20min

O impacto das séries espanholas da Netflix

Luan Silva Monteiro
Fonte : Netflix Reprodução : Oficina da Net


Desde o lançamento mundial da série La Casa de Papel (2017) o número de produções espanholas vem aumentando consideravelmente. La Casa de Papel se tornou a série mais vista da Netflix de não-língua inglesa no mundo todo, sendo uma surpresa para a própria empresa que não esperava tamanho sucesso mundial.
 
Com todo esse sucesso, o mundo voltou seus olhos para as produções espanholas, fazendo com que a Netflix investisse em novas produções que também tiveram grandes sucessos em suas devidas proporções. São alguns exemplos: Elite (2018), As telefonistas (2017) e Vis a Vis (2015), sendo a ultima um dos casos de série que já existia, mas só ganhou popularidade mundial após o “boom” de La Casa. 
 
Esse crescimento de produções não americanas é muito benéfico, porquê ele diversifica o catálogo não só da gigante do streaming, como tira a ideia de que as únicas boas histórias apenas acontecem no Estados Unidos. Aqui no território brasileiro, as produções vindas da Espanha são muito mais que bem vindas, sendo o Brasil um dos maiores telespectadores dessas produções. Mas, talvez o maior impacto que as produções espanholas trouxeram para o streaming, foi incentivar a Netflix investir em produções de diferentes países. 

Falando do Brasil, a Netflix investiu o valor de R$350 milhões em produções originais brasileiras, porém nossas produções ainda não se tornaram tão populares, sendo o ponto fora da curva a série 3% (2016).

REFERÊNCIAS 

 
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »