03/11/2020 às 22h44min - Atualizada em 03/11/2020 às 22h44min

Maradona passará por cirurgia no cérebro

A operação será realizada em um hospital na capital Buenos Aires

Cristian Moraes - editado por Stefany Cardoso
Maradona no jogo de estreia do Gimnasia x Patronato - (Foto: REUTERS/Agustin Marcarian)

O ídolo argentino Diego Armando Maradona, vai passar por uma cirurgia no cérebro às 22h, desta terça-feira, em um hospital em Buenos Aires, para drenar uma hemorragia no cérebro.

Dias após completar 60 anos de vida, e receber diversas homenagens, Maradona acabou sendo internado em uma clínica em La Plata, na segunda-feira (2). O treinador do Gimnasia La Plata, passou por exames, e com isso, foi diagnosticado com um hematoma subdural, em outras palavras é um acúmulo de sangue na meninge do cérebro.

Para a realização do processo cirúrgico, “Dieguito” foi transferido para Buenos Aires. Segundo informações do jornal “Clarín”, o problema foi resultado de um trauma, que pode ter acontecido recentemente ou há muitos anos. Vale mencionar que ele chegou ao hospital com anemia e desidratação.

Vários fãs do ex-jogador, se reuniram em frente ao hospital que ele se encontra, onde cantaram músicas em forma de apoio, e acenderam sinalizadores de fumaça. Maradona é o maior ídolo do futebol argentino, pela seleção, tem como principal título a Copa do Mundo de 1986.

Algo que chamou atenção do público em geral, foi aparição recente de Maradona na estreia do seu clube pela Copa Liga Profissional na última sexta-feira (30), onde visivelmente estava abatido e com dificuldades para se locomover.

Sobre a situação atual, o seu médico particular, Leopoldo Luque, disse em primeiro momento que Diego estava bem, e logo receberia alta, entretanto, pouco tempo depois, anunciou para a imprensa argentina sobre a cirurgia do astro. Quando questionado sobre a controvérsia de seu pronunciamento, o médico não respondeu e deixou os jornalistas falando sozinhos.

Ainda assim, Leopoldo disse que a cirurgia não é complicada e não tem alta duração. “Diego está lúcido, concorda com a intervenção, eu expliquei a ele. Está muito tranquilo. É uma cirurgia de rotina. A maioria dos pacientes que tem esse hematoma são mais velhos. O panorama não mudou. Diego segue igual. Segue com a mesma condição clínica, com uma causa mais concreta. Vou operá-lo esta noite. Ele não lembra como foi causado o hematoma.” disse Luque.

Maradona viveu anos lutando contra a dependência química por cocaína, e vicio em bebidas, esse último sendo o pior, em uma recente entrevista ao canal de TV América, a última namorada de Maradona, Rocío Oliva, contou que o ex-craque precisa se manter longe do álcool em razão dos remédios que toma para hipertensão, ansiedade e dificuldade de dormir.

A situação preocupa seus familiares, que em falas recentes, disseram que Diego muitas vezes é usado por pessoas próximas, pois segundo a família, enquanto uns evitam a bebida, outros o incentivam a consumir.

Como dito anteriormente, Maradona fez aniversário há pouco tempo, e mesmo com o grande carinho dos fãs, ele estava triste pelo fato de não poder reunir todos os filhos, a situação de isolamento social mexeu muito com “El Diego”, ainda mais pelo fato dele ter tido contato com uma pessoa que apresentou covid-19, porém, ele deu negativo para o vírus, mas teve que se manter isolado.


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »