09/11/2020 às 04h51min - Atualizada em 09/11/2020 às 04h36min

Saints domina do início ao fim e vence com facilidade os Bucs

Grande atuação defensiva dos Saints marca pior jogo do Brady desde 2010

Lucas Webler - editado por Stefany Cardoso
Foto: CBS Sports
No Sunday Night Football o New Orleans Saints não tomou conhecimento do adversário e atropelou o Tampa Bay Buccaneers por 38 a 3, no Raymond James Stadium, na Flórida.
 
Os fãs de NFL esperavam ver no Sunday Night Football um jogo extremamente disputado entre os líderes da conferência Sul da NFC, mas o que aconteceu foi exatamente o oposto. Com grande atuação de Drew Brees (4 TDs) e da defesa (3 INTs), os Saints dominaram a partida desde o começo e impuseram à Tom Brady sua primeira "varrida" para um adversário de divisão, já que também venceram os Bucs na primeira semana da temporada.
 
O duelo mais esperado da partida era entre Drew Brees e Tom Brady com muitos passes para touchdown e um show de jardas aéreas. Mas não foi isso que ocorreu, pelo menos para Brady. O quarterback dos Bucs lançou para 209 jardas, nenhum touchdown e 3 interceptações (rating de 40.4), enquanto seu adversário lançou para 222 jardas, 4 touchdowns e nenhuma interceptação (rating de 135.2). Vale ressaltar que Tom Brady não lançava 3 interceptações em um mesmo jogo há 164 partidas. Com essas estatísticas, Brees (564) ultrapassou novamente Brady (561) na corrida pelo maior número de touchdowns lançados na história da NFL.
 
O jogo marcou a volta de duas estrelas de ataque. O New Orleans Saints teve a volta de seu principal recebedor e vencedor do prêmio de melhor jogador ofensivo da última temporada, Michael Thomas, que retornou aos gramados após se lesionar na semana 1 contra o próprio Buccaneers, já Tampa teve a estreia de Antonio Brown, que estava suspenso por 8 partidas devido a diversos incidentes de conduta inapropriada, entre eles duas acusações de assédio sexual. Ambos tiveram números discretos na partida, enquanto Thomas teve 5 recepções para 51 jardas, Brown teve 3 recepções para 31 jardas.
 
O time de Nova Orleans fez exatamente o que precisava para vencer a partida. O ataque misturou as chamadas de jogadas, alternando entre o jogo aéreo, com 12 jogadores diferentes com pelo menos uma recepção, e o jogo terrestre com a estrela Alvin Kamara. A defesa conseguiu limitar Brady a vários "3 and outs", e ganhou a "batalha" dos turnovers, com 3 interceptações (David Onyemata, Marcus Williams e Malcolm Jenkins). O Tampa Bay Buccaneers, por sua vez, não fez por onde para ganhar o jogo. Não conseguiu estabelecer o jogo aéreo com Mike Evans e Antonio Brown, nem o jogo terrestre com Leonard Fournette, além de contar com uma noite pouquíssimo inspirada de Tom Brady.

Outro personagem que vale ser destacado é Tayson Hill, quarterback de origem, mas que é conhecido como Offensive Weapon (Arma Ofensiva), pelo fato de ser muito atlético e capaz de jogar em quase todas as posições do ataque. Hill teve uma grande partida, convertendo 3ª descidas importantes e totalizando 123 jardas totais, sendo 48 passadas, 54 corridas e 21 de recepção.
 
Com esse resultado os Saints (6-2) assumem a liderança da conferência Sul da NFC deixando os Bucs (6-3) em segundo lugar, seguido por Atlanta Falcons (3-6) e Carolina Panthers (3-6), respectivamente. Na próxima semana os Saints enfrentam o San Francisco 49ers (4-5) com problemas de lesão, no Superdome, em Nova Orleans, já os Bucs tentam se recuperar diante do Carolina Panthers em um confronto de divisão, no Bank of America Stadium, na Carolina do Norte.

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »