18/11/2020 às 12h02min - Atualizada em 18/11/2020 às 12h33min

A Fera criada pelo Samurai

Paulo Pereira - Editado por Fernanda Simplicio
Fonte e Reprodução: MMarte Produções
O Lobisomem Errante, HQ de terror e erotismo da lenda dos quadrinhos do Brasil, Júlio Shimamoto, sai da gaveta para ganhar vida e entra em pré-venda no site oficial da MMarte Editora.
 
Aos 81 anos, Julio Yoshinobu Shimamoto é considerado um verdadeiro mestre das histórias em quadrinhos. Filho de imigrantes japoneses, o ilustrador e quadrinista do interior de São Paulo tornou-se um aficionado por gibis ainda pequenino. Foi aos cinco anos, quando ganhou os primeiros exemplares comprados pelo pai, que adquiriu gosto por aquele tipo de leitura e começou a rabiscar. Não parou mais. Profissionalmente, trocou as ilustrações publicitárias (storyboards e layouts), onde iniciou, pela narrativa gráfica dos quadrinhos.
 
Em sua longa carreira, Shimamoto estabeleceu parceria com grandes nomes do quadrinho nacional a exemplo de Maurício de Sousa e Jayme Cortez. Algumas de suas obras de destaque são: Sombras (1998), Sombras (1999), Musashi I (2002) e Musashi II (2003) – as quatro pela editora Opera Graphica –,  Subs (com roteiros de Ulisses Tavares pela editora Via Lettera em 2006), Cidade de Sangue (com roteiros de Márcio Jr. em 2018) e O Ditador Frankenstein e Outras Histórias de Terror, Tortura e Milicos (2019) – pela MMarte Editora, um dos braços da MMarte Produções.
 
A trajetória do Samurai dos Quadrinhos Brasileiros é marcada pela experimentação das técnicas de ilustração e uma vasta produção de obras. Artes marciais, erotismo e terror são gêneros bastante explorados pelo Mestre. Todavia, o terror, com “pitadas eróticas” cobrem grande parte de suas criações. Quanto à experimentação, Shimamoto diz responder a uma espécie de hiperatividade, que encontra na mudança e na inovação, a motivação para não parar de criar. Nas palavras do editor, amigo e parceiro Márcio Jr., coproprietário (ao lado da esposa Márcia Deretti) da MMarte:
 
O experimentalismo sempre foi uma característica indissociável à arte de Julio Shimamoto. Difícil imaginar técnica que o quadrinista não tenha utilizado. [...] Cidade de Sangue – que tive a honra de assinar o roteiro – foi desenhada com maçarico e ferro de solda sobre papel de fax. Antes disso, dá-lhe raspagem em cerâmica, fuligem no plástico, tinta de parede em balão distorcido sobre fotocopiadora.
 
Agora, a parceria com Márcio resgata uma trama – O Lobisomem Errante foi elaborada originalmente para um fanzine na metade dos anos 90 – de erotismo e, claro, terror do mestre samurai brasileiro. Sem deixar as experimentações de lado. E estas já começam pela natureza da capa. As 220 edições (será uma tiragem limitada), numeradas e assinadas, assim como a gravura (de 21 x 15 cm) que a acompanha, estão sendo produzidas em serigrafia – técnica na qual a tinta é posta sobre uma tela emoldurada com algumas regiões permeáveis, a fim de formar um desenho sobre uma superfície.
 
Em particular, a capa, abrigará tintas sobrepostas. Prata sobre preto. Nada mais icônico, tratando-se da mitologia dos “homens-lobo" – tradicionalmente, a criatura em questão não resiste ao contato com o valioso metal. A HQ contará ainda com miolo em papel offset, formato diferenciado de 21 x 9 cm, com 40 páginas e preço de R$ 35,00. O lançamento está planejado para 30 de novembro deste ano. Cliquei aqui para saber mais e adquirir a obra.
 
Referências:
 
LEITE, S. Julio Shimamoto - O Samurai dos quadrinhos brasileiros. (16m04s). 2013. Disponível em: https://www.youtube.com/watch?v=QD66BK6Z2MA. Acesso em: 14 nov. 2020.

SHIMAMOTO, J. Uma vida em quadrinhos. Júlio Shimamoto. [s.d]. Disponível em: http://www.julioshimamoto.com.br/?page_id=35. Acesso em 12. out. 2020.
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »