16/11/2020 às 23h45min - Atualizada em 16/11/2020 às 23h42min

Bragantino vence Botafogo e sai do Z-4

Gol de pênalti garantiu o resultado positivo para o Massa Bruta

Ludmilla Dias - editado por Wesley Bião
Bragantino vence de virada e sai da zona de rebaixamento (Foto: Jorge Rodrigues/AGIF)
Nessa segunda-feira (16), Botafogo e Bragantino jogaram pela 21ª rodada do Campeonato Brasileiro, no Engenhão. Os dois times precisavam sair da zona de rebaixamento, mas foi o Massa Bruta quem levou a melhor e subiu para o 15º lugar. A decisão do VAR deu o “empurrão” que resultou na primeira vitória do time fora de casa. “Acho que o que não faltou foi raça, entrega do grupo. Temos que valorizar bastante isso, valorizar a vitória. Ficamos agora fora da zona de rebaixamento. É trabalhar durante a semana para fazer um próximo jogo melhor ainda e sair com a vitória.”, disse o autor do segundo gol, Claudinho, em entrevista ao SportTV. 
 
Com a ausência do treinador recém-contratado, Ramón Díaz (que está no Paraguai por um problema de saúde), o Botafogo entrou em campo sob comando de cinco integrantes da comissão técnica. A derrota fez o alvinegro cair para a 19º na tabela.
  
PRIMEIRO TEMPO
 
Na primeira etapa do jogo a posse de bola foi maior para o Bragantino, que ficou com 54%.  Apesar disso, foi o Botafogo quem colocou maior pressão. Aos seis minutos, Éder Bessa cobrou na primeira trave e Marcelo Benevenuto cabeceou, mas a bola passou à direita do gol.  Aos dez minutos, Kevin cruzou pela direita, a bola chegou a Victor Luis, que arriscou o chute, mas ela ficou na defesa. Com 35 minutos, após falha da defesa, o Fogão chegou de novo. Honda recebeu na ponta direita e cruzou rasteiro. A bola chegou a Éder Bessa, que finalizou, mas a ela saiu à esquerda de Cleiton.   

A melhor chance do Bragantino até então foi aos 37 minutos. Cuello recebeu pela esquerda, levou para perna direita e cruzou para Ytalo, que cabeceou perto da trave esquerda de Cavalieri. O final da primeira etapa foi movimentado. Aos 43 minutos, Victor Luis cruzou para Matheus Babi, que marcou de cabeça e abriu o placar. Dois minutos depois, Ytalo fez o gol de empate.
 
SEGUNDO TEMPO
 
Na segunda etapa, o Bragantino voltou mais ofensivo e aos oito minutos Claudinho conduziu pelo meio e deu ótimo passe para o volante Raul marcar, mas ele chutou para fora. Já aos 21 minutos, Helinho cruzou para Artur, que dominou e bateu com força na direção do gol, obrigando Cavalieri a fazer boa defesa. Já o time Alvinegro teve uma grande oportunidade aos 13 minutos: Éder Bessa cruzou na área para Bruno Nazáro, que cabeceou; o goleiro Cleiton tocou na bola e ela bateu na trave.
      
Com 30 minutos, Helinho cruzou pela esquerda e Artur finalizou a jogada, mas houve uma dúvida se bola bateu no braço de Victor Luis e saiu. A jogada foi para análise do VAR, depois de muita demora o árbitro marcou apenas lateral para o Bragantino. Cinco minutos depois, o árbitro marcou toque de mão de Kanu após jogada de Helinho e o lance precisou passar pela checagem. O pênalti a favor do Massa Bruta foi confirmado e aos 40 minutos, Claudinho marcou o segundo gol do time.  
 
Ficha técnica:
Cartões amarelos: Léo Ortiz- está fora do jogo, Helinho e Cuello (Bragantino)
                                    
 
PRÓXIMAS DISPUTAS
 
Pela 22ª rodada do Brasileirão, Bragantino e Bahia jogam, nessa sexta-feira (20), no estádio Nabi Abi Chedid. O Botafogo recebe o Fortaleza, no domingo (22).    

Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »