19/11/2020 às 03h04min - Atualizada em 19/11/2020 às 02h42min

NBA realiza draft 2020 de forma remota pela primeira vez na sua história

Anthony Edwards, James Wiseman e LaMelo Ball foram os primeiros nomes a serem escolhidos para a nova temporada

Thiago Carvalho - editado por Wesley Bião
Draft da temporada 2020 foi o primeiro a ser feito de forma remota (Foto: Nathaniel S. Butler/Getty Images)
Na última quarta-feira (18), há 60 dias para o retorno da NBA, aconteceu o seu famoso draft, um evento anuário que promove uma loteria de escolhas para as franquias: escolher os jogadores mais promissores que poderão vim do high school e de universidades americanas ou por clubes do mundo inteiro. Nesse ano, pela primeira vez na sua história, a cerimônia do draft aconteceu virtualmente, por conta da pandemia. Pensando em assegurar a saúde todos seus atletas a maior liga de basquete do mundo se juntou com a ESPN para realizar seu evento no canal da emissora e transmitir para mundo inteiro as novas futuras estrelas da NBA.
 


Anthony Edwards atuando pela Universidade de Georgia (Foto: Kathryn Skeean)

AS PRIMEIRAS ESCOLHAS

O draft deste ano não teve muitas surpresas quanto ao ranqueamento das posições das escolhas, como foi muito apontado por especialistas. A primeira escolha ficou com Anthony Edwards que tem 1,96m, ala-armador que atuou na universidade de Georgia aonde teve medias de 19.1 pontos, 5.2 rebotes e 2.8 assistências por partida em sua única temporada na NCAA. Edwards chega na NBA com status de possível nova estrela da liga por ter um estilo de jogo muito comparado com o de astros como Victor Oladipio e Donavan Mitchell, traz consigo novas esperanças para os torcedores do time do Minessota Timberwolfes, que na ultima temporada teve a terceira pior campanha na liga inteira e sem nenhuma chance de classificação para os playoffs.


James Wiseman atuando pela Universidade de Memphis (Foto: Justin Ford)
A segunda escolha do draft ficou com Golden State Warriors, que selecionou James Wiseman. Pivô de 2,16m que atuava na universidade de Memphis, mas que atuou em poucas ocasiões apenas três jogos e teve medias de 19.7 pontos, 10.7 rebotes e três tocos. Isto porque o jogador foi suspenso por 12 jogos após uma acusação de recebimento de incentivos financeiros no recrutamento da universidade. Após passada a punição da NCAA, Wiseman decidiu não retornar à universidade e começou a treinar por conta própria para a cerimonia do draft. Essa decisão poderia ter afetado sua colocação, já que era apontado para ser a primeira escolha geral, mas mesmo com tanto tempo afastado das quadras, James manteve uma boa colocação.


Lonzo Ball em ação na Liga Australiana de Basquete (Foto: Getty Images)

Provavelmente o jogador mais experiente e badalado nessa cerimonia esteja na terceira escolha do draft, selecionado pelo Charlotte HornetsLaMello Ball, o caçula da família Ball, muito conhecida na NBA, que tem seu irmão mais velho atuando desde 2017 na liga e com uma curiosidade particular: os dois são os únicos irmãos na história do campeonato a estarem nas primeiras escolhas do draft geral. O armador de 2,03m que estava atuando na Liga Australiana de Basquete (NBL) pelo Illawarra Hawks teve medias de 17 pontos, 7.4 rebotes e 6.8 assistências. Com essas atuações, alcançou uma marca histórica e marcante na carreira dele na liga, se tornando o primeiro jogador a alcançar triplos-duplos em jogos na sequência na NBL desde 2005.

Com esse feito histórico, ganhou o prêmio de calouro do ano pela liga, mas em janeiro tudo acabou quando LaMello decidiu romper seu contrato com o time a pedidos de seu pai e empresário, LaVar Ball, que decidiu que era melhor para o filho se preparar para o draft, se precavendo de uma lesão que poderia interromper o sonho de LaMello de atuar na NBA. E algo de positivo para o inicio promissor de Ball e que em sua chegada a nova franquia é o fato de ele já teve o aval do maior jogador de todos os tempos, que faz parte do comando do Hornets, Michael Jordan, que em muitas entrevistas disse que sempre quis contar com LaMello em sua equipe e que sabia de seu enorme potencial pois acompanhou muitos de seus jogos na Liga de Basquete Australiana.


Top 10 escolhas do draft 2020
  1. Anthony Edwards, Minessota Timberwolfes
  2. James Wiseman, Golden State Warriors
  3. LaMello Ball, Charlotte Hornets
  4. Patrick Williams, Chicago Bulls
  5. Isaac Okoro, Cleveland Cavaliers
  6. Onyeka Okongwu, Atlanta Hawks
  7. Killian Hayes, Detroit Pistons
  8. Obi Toppin, New York Knicks
  9. Deni Avdija, Washington Wizards
  10. Jalen Smith, Phoenix Suns

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »