19/11/2020 às 20h59min - Atualizada em 19/11/2020 às 20h59min

São Paulo elimina o Flamengo da Copa do Brasil com dois gols de Luciano e um de Pablo

Paulistas dominam segundo tempo e eliminam Rogério Ceni pela segunda vez no mesmo campeonato

Bianca Costa - editado por Wesley Bião
Com 11 gols em 21 jogos, Luciano vive um bom momento vestindo a camisa do São Paulo (Foto: Miguel Schincariol/São Paulo FC)
 

Mais uma derrota e eliminação de Rogério Ceni como técnico para o São Paulo. Depois de deixar o comando do Fortaleza, que já tinha sido eliminado pelo Tricolor na Copa do Brasil, o ex-goleiro são-paulino sofreu mais um tropeço, dessa vez para o time de Fernando Diniz.  

O Tricolor Paulista precisava apenas de um empate para seguir na competição, já que no primeiro jogo, no Maracanã, venceu por  2x1 com dois gols de Brenner - Gabriel Barbosa marcou para os donos da casa.  

Com um primeiro tempo parado, os times deixaram a emoção para a segunda etapa. Luciano marcou duas vezes para os paulistas e Vitinho teve a chance de diminuir cobrando pênalti, mas chutou por cima do gol de Tiago Volpi. Para confirmar a classificação, Pablo se aproveitou do erro de Willian Arão e fechou o placar  para o Tricolor por 3x0.  

Os jogadores do São Paulo tiveram o apoio da sua torcida, que compareceu ao Morumbi mesmo sem poder assistir ao jogo dentro do estádio. A torcida recebeu o time na rua com a famosa rua de fogo e ainda acompanhou o jogo do lado de fora, cantando e apoiando os jogadores durante toda a partida.  

O time do Flamengo teve vários desfalques: Isla, que atuou  pela seleção chilena nas Eliminatórias, chegou em cima da hora da  partida e ficou fora; o zagueiro Rodrigo Caio, o lateral-esquerdo Filipe  Luis, o volante Thiago Maia, o meia Diego e os atacantes Gabriel Barbosa e  Pedro também ficaram de fora da partida por causa de lesão. 


Fernando Diniz se mantém invicto em partidas contra Rogério Ceni (Foto: Alexandre Vidal)

PRIMEIRO TEMPO

Com um primeiro tempo muito parado, Tiago Volpi e Diego Alves trabalharam pouco, no primeiro tempo o Flamengo conseguiu controlar a partida e ficou com 67% da posse de bola. Os cariocas finalizaram oito vezes, mas não conseguiu marcar nenhum gol.  

Com até então duas vitórias em 18 dias em cima do time carioca, o time paulista preferiu não se expor e apostou nos contra-ataques. Luciano conseguiu abrir o placar para o Tricolor, mas o bandeirinha marcou impedimento confirmado pelo VAR. 

SEGUNDO TEMPO

Três gols e um pênalti perdido. O segundo tempo já foi totalmente diferente dos primeiros 45 minutos de jogos. Na volta do intervalo o técnico Rogério Ceni já fez a primeira mudança no time e colocou Everton Ribeiro em campo para buscar um gol - mas quem conseguiu foi o São Paulo.  

Novamente com falhas na defesa rubro-negra, Luciano aproveitou e marcou duas vezes em dez minutos para garantir a vitória e a classificação. O Flamengo ainda teve a chance de marcar com um pênalti, mas Vitinho bateu longe. Diniz resolveu mexer no time e colocou Pablo em campo, que aproveitou a falha de Willian Arão e fechou o placar com o terceiro gol da partida.  

Após a partida, o São Paulo usou as redes sociais para provocar o rival eliminado. A provocação faz referência ao dossiê preparado pelo presidente do Fla, Rodolfo Landim, para reclamar que a arbitragem vinha favorecendo o Tricolor em outras partidas. 

“Estamos na semifinal! Dois gols de Luciano, um gol de Pablo. E mais  três gols pro dossiê", ironizou a página oficial do São Paulo no Twitter.

PRÓXIMOS JOGOS


O próximo confronto do time do Diniz é no próximo domingo (22), contra o Vasco às 16h no Morumbi. O Flamengo vai tentar a vitória no Maracanã no sábado (21) contra o Coritiba às 19h. Já pela Copa do Brasil o confronto da semifinal vai ser entre São Paulo e Grêmio. O jogo de ida acontece no dia 23 de dezembro e o segundo jogo no dia 30 do mesmo mês.

Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »