20/11/2020 às 19h43min - Atualizada em 20/11/2020 às 19h18min

Mulheres serão minoria na câmara de todas as 24 cidades do sul do estado nos próximos quatro anos

Representatividade feminina será pequena em relação ao tamanho do eleitorado, que é de 52%; Somente 32 vereadoras foram eleitas

Lucas Mathias - Editado por Ana Paula Cardoso
Foto: Agência Brasil
No último domingo (15), mais de 1 milhão de eleitores foram às urnas nas 24 cidades do Sul e Costa Verde do Rio de Janeiro para escolherem os vereadores e prefeitos que governarão as cidades pelos próximos quatro anos. Entretanto, a representatividade feminina na câmara dos vereadores e no executivo será bem pequena se compararmos ao número do eleitorado feminino na região, que ultrapassa os 52%, segundo os dados do Tribunal Superior Eleitoral (TSE).

Maior colégio eleitoral do sul do estado, Volta Redonda não terá nenhuma mulher na câmara pelos próximos anos. Além da cidade do aço, outros sete municípios não elegeram vereadoras. São eles: Itatiaia, Miguel Pereira, Paty do Alferes, Piraí, Rio Claro, Rio das Flores e Vassouras. Já Angra dos Reis, Barra Mansa e Três Rios elegeram quatro mulheres para a vereança, sendo assim, a maior bancada feminina da região.

Para o poder executivo, das 24 cidades, somente duas escolheram uma mulher para governar a cidade. Lucimar do Dr Flávio (PL) foi reeleita em Paracambi, e Dayse Onofre (PL) irá administrar Paraíba do Sul pela primeira vez.

Dentre todos os municípios, apenas Rio Claro possui um eleitorado composto majoritariamente por homens. Porém, a diferença é de apenas 0,42%, o que corresponde a 66 pessoas. Volta Redonda e Três Rios são as duas cidades com a maioria representada por mulheres, chegando a 7,16% de diferença entre os sexos.

Em entrevista ao LAB Dicas de Jornalismo, a vereadora eleita em Resende, Soraia Balieiro (PSD) afirma que muitas mulheres não votam em candidatas femininas por considerarem que estas não terão chances de vitória, além de não aceitarem que uma mulher as represente na política.

 
“Em muitos casos, as pessoas têm dificuldade de votar em mulher achando que tem menos chances de vitória do que os homens. E também tem muitas mulheres que ainda tem dificuldade de ver uma outra no poder. Vi muitos ataques por parte de mulheres nas redes sociais”, argumenta.   

Balieiro ainda declara que espera por uma maior participação feminina em discussões políticas, e que nas próximas eleições mais mulheres sejam eleitas.
 
“Espero que, nós mulheres, busquemos nossos espaços nas lideranças partidárias para estar no centro das discussões políticas, e que consigamos ativar a sororidade. Quando uma mulher vence, todas vencem juntas. Espero que daqui quatro anos mais mulheres sejam eleitas na nossa região”, aponta.

Confira abaixo a lista das vereadoras eleitas nas 24 cidades do sul do estado:
 
Cidade Nomes
 Angra dos Reis Gab Greg (PP); Titi Brasil (MDB); Jane Veiga (MDB); Luciana Valverde (MDB)
 Barra do Pirai Kátia Miki (Cidadania); Roseli Enfermeira (Patriota)
 Barra Mansa Rayane Braga (PSL); Cristina Magno (PP); Luciana Alves (DC); Profª Fernanda Carreiro (PT)
Comendador Levy Gasparian Lea do Império (MDB); Maria Ribeiro (PSD)
 Paulo de Frontin Sandra Gil (DEM), Rosângela Filha do Ademir (PSC)
Itatiaia -
Mendes Patrícia Siqueira (PP); Edilene Martins (Solidariedade)
Miguel Pereira -
Paracambi Aline Otilia (PL)
Paraíba do Sul Tia Norma (PL)
Paraty Profª Flora (PT)
Paty do Alferes -
Pinheiral Carina Valim (PSL)
Piraí -
Porto Real Fernandinha (PDT)
Quatis Maria Rosa (PSL)
Resende Soraia Balieiro (PSD); Marcia Lima (Republicanos)
Rio Claro -
Rio das Flores -
Sapucaia Adriana da Farmácia (PSD); Gilmara Fisioterapeuta (PL); Taninha do Posto (PSC)
Três Rios Bia Bogossian (PSB); Carol Patinha Amiga (PV); Ana Clara (Rede); Jaqueline Costa (Republicanos)
Valença Fabiani Vasconcellos (PMB)
Vassouras -
Volta Redonda  -
 
Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »