22/11/2020 às 16h57min - Atualizada em 22/11/2020 às 16h36min

Goiás marca no último minuto, vence o Palmeiras e encerra jejum de vitórias

Paulistas tiveram 21 desfalques para o confronto e passou boa parte do jogo com um a menos

Carolina Guimarães - editado por Wesley Bião
Miguel Figueira faz golaço pelo Goiás no segundo tempo da partida (Foto: Heber Gomes/ge.globo)
O Goiás recebeu o Palmeiras na noite do último sábado (21), pela 22ª rodada do Campeonato Brasileiro. A partida ocorreu em Goiânia, no Estádio Hailé Pinheiro, também conhecido como Estádio da Serrinha.

Os paulistas, que vinham sofrendo a cada jogo com mais desfalques teve 21 para o confronto em Goiânia. Os donos da casa se aproveitaram desse cenário - e de ter passado boa parte do jogo com um a mais - e venceram por 1x0, encerrando o jejum de 11 partidas sem vitória - a última tinha acontecido no dia 13 de setembro, contra o Internacional. O Goiás continua em vigésimo colocado na tabela de classificação com 15 pontos, e o Palmeiras segue em quinto,com 34 pontos, havendo mudanças em sua classificação ao longo da semana em relação aos jogos de domingo (22). O Verdão teve sua primeira derrota com o técnico Abel Ferreira, após um empate e quatro vitórias.
 
PRIMEIRO TEMPO

O Palmeiras teve 21 desfalques para a partida, contando entre jogadores lesionados, suspensos e infectados pela Covid-19 e precisou lidar com mais dois logo no primeiro tempo: com Luiz Adriano, que deixou o campo lesionado e Mayke, que foi expulso. Mas mesmo assim o time foi pra cima e logo no primeiro minuto Luis Adriano bateu pro gol duas vezes, obrigando o goleiro Tadeu a trabalhar.

Aos cinco minutos de jogo o palmeirense Renan recebeu cartão amarelo por ter pisado no tornozelo de Keko. Aos 24, Luis Adriano deixou o campo por lesão e entrou o jovem Fabricio, fazendo sua estreia. Após essa perda, o Verdão passou a jogar com um a menos depois que Mayke recebeu cartão vermelho aos 38 minutos. Devido a isso o alerta acendeu no lado do Palmeiras. Abel precisou mexer no time para reorganizá-lo.
 
SEGUNDO TEMPO

O segundo tempo começa com substituição nos donos da casa: Alyson entrou no lugar de Gustavo Blanco. Gabriel Menino recebe o cartão amarelo por ter feito carrinho em Breno. O primeiro cartão amarelo no time do Goiás foi para  Miguel Figueira, por ter acertado o braço no rosto de Gabriel Menino.

O camisa cinco dos visitantes, Patrick de Paula, improvisou no segundo tempo para ajudar o time, servindo no contra-ataque e como atacante. Faltando três minutos para encerrar a partida, Goiás fez 1x0 com Miguel Figueira e assistência do Alyson. Em seguida o time recebe mais um cartão amarelo e dessa vez foi o Rafael Moura que fez falta em Marcos Rocha. E assim, encerra a partida com jogo equilibrado, bastantes substituições e vitória do Goiás.
 
PRÓXIMOS CONFRONTOS

O Goiás enfrentará o Fortaleza na quinta-feira (26) às 20h, na Arena Castelão. O Palmeiras tem jogo marcado para esta quarta-feira (25) às 19h15 (horário de Brasília) pelas oitavas da Libertadores contra o Delfín, no Equador.
Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »