23/11/2020 às 01h56min - Atualizada em 23/11/2020 às 00h54min

Em partida movimentada, Kindermann e Corinthians empatam no primeiro jogo da final do Campeonato Brasileiro Feminino

Equipes não aproveitam as chances criadas e ficam no empate

Carolina Lipares - editado por Thamyres Pontes
Julia e Tamires disputam posse de bola. (Foto: Divulgação/Thaís Magalhães/Twitter Corinthians Futebol Feminino)
Avaí-Kindermann e Corinthians empataram por 0 a 0, no estádio da Ressacada, no último domingo (22), pelo jogo de ida da final do Campeonato Brasileiro Feminino. Apesar do empate, ambas as equipes criaram muitas chances. A decisão do Brasileirão Feminino será em São Paulo na Neo Química Arena, no dia 6 de dezembro.

Primeiro Tempo

O jogo começou agitado com o Avaí pressionando logo nos primeiros minutos. Bruna chutou cruzado e a goleira do Timão salvou. Em seguida, o Corinthians tentou abrir o placar com Grazi, que chutou de primeira, mas Barbara fez uma defesa por puro reflexo, entretanto, a auxiliar de arbitragem marcou o impedimento.

O Corinthians ainda criou algumas chances com Tamires, com um chute certeiro que espalmado pela goleira. No entanto, Grazi tentou domínio no rebote, mas a bola acabou escapando. Já o Avaí, teve faltas ao seu favor porém não conseguiu tirar proveito das oportunidades. Nos últimos minutos, o time chegou mais ao ataque, Lelê chutou forte e passou perto do gol.

Próximo ao fim da primeira etapa, as Leoas reclamaram de um possível pênalti aos 44 minutos, em um lance que Julia
invadiu a área e caiu, mas o árbitro mandou seguir o jogo.

Segundo Tempo

Diferente da primeira etapa, o Avaí entrou mais recuado em busca do contra-ataque, estratégia que surtiu efeito, visto que, resultou em um quase gol de Cathyellen, que dominou fora da área e tentou encobrir a goleira Lelê, que espalmou para escanteio.

Após essa jogada, Arthur Elias promoveu algumas alterações, deixando o time com mais fôlego para atacar. Ingryd e Gabi Portilho entraram bem na partida, criando perigo para a equipe catarinense.

No último terço da segunda etapa, as meninas do Timão mantiveram a pressão com posse de bola mas continuavam pecando nas finalizações, uma vez que nenhum gol havia sido feito . Nos acréscimos, em bola parada, Poliana cabeceou firme mas passou raspando na trave.

O Jogo de ida foi marcado por muita intensidade e chances criadas. O Corinthians, mesmo com posse de bola superior, não conseguiu passar por Barbara. Já o Avaí, fez uma partida equilibrada, levando perigo ao gol Corintiano. O resultado fez com que qualquer vitória simples de ambos os lados seja suficiente para levar o título nacional. Caso o empate persista, a final será decidida nas penalidades máximas.

Na saída de campo, Julia, meio-campo do Kidermann, comentou sobre o jogo e projetou duelo de volta:

 
"Acredito que foi um bom jogo dentro da proposta que tínhamos hoje. Conseguimos marcar bem o adversário, criamos oportunidades, não caprichamos tanto na finalização, senão poderíamos sair com o gol, assim como as adversárias. Acredito que foi um espetáculo digno de uma final. As expectativas são as melhores possíveis (para o jogo de volta). Foi um grande jogo hoje. O jogo da volta está em aberto lá na Neo Química Arena. Gostaria de agradecer mais uma vez a todos que estão torcendo e acreditam em nós”, finalizou Julia.

A Craque da partida, Adriana, eleita pelo público, analisou o resultado da disputa fora de casa. “Foi um grande jogo e quem acompanhou pôde ver o nível da partida. Infelizmente, não conseguimos concretizar em gol as oportunidades que tivemos, mas é um bom resultado fora de casa e temos mais 90 minutos para decidir no nosso estádio", disse a destaque da partida.

Adriana com o troféu de Craque da Partida. (Foto: Divulgação/Laura Zago/Instagram brfeminino)

Próximos Confrontos

Antes do jogo de volta, o Corinthians enfrenta o Santos na próxima sexta-feira (27), às 19 horas, pelas quartas de final do Campeonato Paulista, enquanto o Avaí-Kindermann joga contra o Corinthians no ínicio do mês seguinte (6), às 20 horas, disputando a final do Campeonato Brasileiro Feminino.
Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »