25/11/2020 às 03h00min - Atualizada em 25/11/2020 às 02h17min

Racing empata com Flamengo em casa no primeiro confronto pelas oitavas da Libertadores

Os times tem boas atuações, mas passam por uma partida com turbulências

Evelin Moreira - editado por Wesley Bião
Gabigol marcou seu 11º gol no ano (Foto: Divulgação/Instagram @flamengo)
O Racing recebeu o Flamengo, nesta terça-feira (24), no Estádio El Cilindro na Argentina pela partida de ida das oitavas de final da Copa Libertadores. Com um jogo emocionante, cheio de altos e baixos, os clubes saíram com um empate de 1x1. Os gols foram feitos por Gabigol e Fértoli. Com esse resultado deixa a disputa ainda mais acirrada para a partida de volta.
 
PRIMEIRO TEMPO
O Racing começou a partida com sangue nos olhos, abrindo o placar logo no começo do jogo, aos 12 minutos, mas depois de dois minutos os donos da casa sofreram o empate. Os argentinos pressionaram e apostaram em uma marcação mais forte, sem dar muito espaço, mas logo depois do empate o time ficou balançado e sem conseguir colocar a mesma força e intensidade na marcação. Já o rubro-negro teve algumas dificuldades na defesa durante o primeiro tempo, apresentando falhas defensivas, mas após o gol melhorou sua atuação, criando algumas oportunidades de gols e uma conseguindo uma troca maior de passes em campo.

SEGUNDO TEMPO
Ao retornarem para o campo, com apenas quatro minutos do segundo tempo, o time do Racing marca com Lisandro López, que teve poucos segundos de felicidade, já que o gol foi anulado porque houve falta no início do lance. Os donos da casa ainda tiveram mais um gol anulado, desta vez de Reniero, aos 33 minutos, sendo marcado um impedimento.

O Flamengo voltou com um rendimento mais baixo, não conseguiu ter a bola e não se impôs tanto, dando mais espaço para o rival trabalhar. Os cariocas também tiveram um gol anulado, aos 15 minutos, porque Vitinho estava impedido antes de rolar a bola para Arrascaeta.

Com o jogo tenso para os dois lados, Thuler recebe um cartão amarelo por entrada de carrinho em jogador do Racing. O VAR aciona o árbitro que depois de checar decide expulsar o jogador do rubro-negro. No mesmo lance, Nathan também recebeu cartão vermelho, mas por reclamação, mesmo estando no banco. Tendo em campo um jogador a menos, o time se defendeu da forma que conseguiu até o final da disputa, com uma linha de cinco defensores e outra de quatro meias, sem ninguém na frente.

Mesmo com um confronto sobrecarregado para os dois lados, tiveram jogadores que se destacaram. Após desfalcar a equipe em dois jogos, Gabigol voltou com tudo. O jogador não teve tantos toques na bola, mas os poucos já foram o suficiente para assumir a vice-liderança da artilharia do time na Libertadores. Com o gol marcado na partida, ele soma 11 gols em 15 jogos. Bruno Henrique, que foi eleito o melhor jogador, não só por ter dado início a jogada do gol, mas também por levar a melhor em grande parte dos lances em velocidade.
 
PRÓXIMO CONFRONTO
As duas equipes voltam a se enfrentar na próxima terça-feira (1), às 21h30, no Maracanã, disputando a vaga para as quartas de final do campeonato.  
Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »