30/11/2020 às 21h55min - Atualizada em 30/11/2020 às 21h43min

Pressionado, Náutico recebe um Guarani embalado

Pela 25º rodada da série B do Campeonato Brasileiro, equipes se enfrentam em momentos distintos

Rinaldo Pedrosa - editado por Wesley Bião
Helio dos Anjos, treinador do Náutico, ao lado de seu assistente. Reprodução: Caio Falcão/Náutico

Com expectativas e objetivos diferentes na tabela, Náutico e Guarani se enfrentam às 19h15 desta terça (01) no Estádio dos Aflitos em partida válida pela 25ª rodada da Série B do Brasileirão.
 
Enquanto os donos da casa ocupam a 17ª colocação, com 21 pontos, sete atrás do primeiro colocado fora do Z-4, o Cruzeiro, e precisam desesperadamente da vitória para reagir contra o rebaixamento, os visitantes estão no meio da tabela, em décimo lugar, com 34 pontos. Uma vitória do Bugre seria importante para o time colar no pelotão de cima do torneio e brigar por uma vaga no G-4.

NÁUTICO

Vindo de oito rodadas sem vencer, sendo cinco derrotas e três empates, o Timbu amarga a 17ª colocação no campeonato. Após a chegada de Hélio dos Anjos, o clube realizou três partidas, sendo duas derrotas – para CRB e Juventude – e um empate, com o Vitória.
 
A última vez que os recifenses saíram vencedores de uma partida, foi no dia 24 de outubro, na vitória por 1x0 sobre o Oeste, fora de casa. Jogando sob seus domínios, a dificuldade é ainda maior: o Náutico não vence uma partida há 16 rodadas, desde os 3x1 contra o Botafogo-SP, no dia 12 de setembro.
 
O cenário atual só não é pior do que o 2017, quando o time atravessou 11 jogos sem triunfar, com nove derrotas neste intervalo. No fim da competição os capibaribes acabaram rebaixados à Série C.

Para o confronto, o time recifense terá o retorno do atacante Álvaro, jogador que foi desfalque na derrota para o Juventude fora de casa, por conta de dores no joelho esquerdo. Além dele, o volante Jonathan e o atacante Vinicius seguem em observação pelo departamento médico e podem ser opção.

Provável escalação: Anderson; Hereda, Camutanga, Ronaldo Alves e Kevyn; Rhaldney, Djavan, Matheus Trindade (Ruy) e Jean Carlos; Erick (Paiva) e Kieza.

GUARANI

Já o time paulista vem embalado: a equipe de Campinas soma cinco partidas sem derrota, com quatro vitórias e um empate. O último revés foi há um mês, no dia primeiro de novembro, jogando fora de casa, contra o Juventude. Na ocasião, o Guarani acabou sendo derrotado pelo placar mínimo.
 
O treinador Felipe Conceição terá o reforço de cinco atletas para a partida desta terça: o lateral Bidu, os zagueiros Walber e Romércio, o volante Rickson e o meia Lucas Crispim. Todos voltam após cumprir suspensão na partida contra a Chapecoense. Dos cinco, apenas os quatro primeiros devem começar como titulares. Mesmo vindo de vitória, a tendência é de que eles sejam reintegrados ao time titular.
 
Provável escalação: Gabriel Mesquita, Cristóvam, Wálber, Romércio (Didi) e Bidu; Bruno Silva, Murilo Rangel e Lucas Crispim; Pablo, Júnior Todinho e Bruno Sávio.

HISTÓRICO DE CONFRONTOS

Em toda a história, os dois times já se enfrentaram 20 vezes, sendo dez vitórias do Guarani, sete do Náutico e três empates. No último confronto, o time recifense levou a vitória por 2x1, jogando fora de casa.
.
FICHA TÉCNICA
 
A partida terá arbitragem do trio alagoano Francisco Carlos do Nascimento, auxiliado por Esdras Mariano de Lima Albuquerque e Ruan Luiz de Barros Silva e transmissão do Premiere.


Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »