11/01/2021 às 17h58min - Atualizada em 11/01/2021 às 17h51min

Sport pede à CBF a não utilização do VAR em seus jogos

Após erro de arbitragem, clube pernambucano se pronuncia sobre a situação

Cristian Moraes Rocha - editado por Thamyres Pontes
Dyorgines José Padovani de Andrade consulta o vídeo durante Sport x Palmeiras. Foto: Gazeta Press
O Sport emitiu uma nota oficial nesta segunda-feira (11), referente aos erros do VAR no jogo do último sábado (9) contra o Palmeiras. As medidas protocoladas pelo Rubro-Negro incluem perícia técnica e até uma possível anulação da partida, além da não utilização do ferramenta em suas próximas disputas. Até o momento, a CBF e o chefe de arbitragem, Leonardo Gaciba, não deram declarações sobre o caso.

Lance do Jogo 

Aos 49 minutos do segundo tempo, no confronto contra o Palmeiras, na Ilha do Retiro, no último sábado (9), o juíz Dyorgines Jose Padovani de Andrade marcou penalidade para o Leão por um toque de mão do atacante palestrino Rony, dentro da área. Entretanto, depois de checar o VAR, o árbitro decidiu anular a falta e considerar o lance como movimento involuntário. 

O lance reforçou a indignação dos jogadores do Sport, visto que, momentos antes, um possível pênalti não foi marcado. Na ocasião, o atacante Hernane “Brocador” caiu dentro da área depois de um choque com o zagueiro Emerson Santos, porém, o mesmo não foi sequer averiguado pelo árbitro de vídeo. 

Confira a nota oficial do Sport na íntegra 

 
O Sport Club do Recife vem por meio desta nota, esclarecer os procedimentos tomados em relação aos fatos ocorridos em relação as arbitragens dos jogos do Sport, disputados no Campeonato Brasileiro de 2020/2021, em especial, no último jogo, diante do Palmeiras, no último sábado (09), na Ilha do Retiro. Abaixo, listamos os pedidos feitos em ofício protocolado na Confederação Brasileira de Futebol (CBF): 
 
  • Oferecer denúncia ao quadro de árbitros e do VAR, de acordo com o artigo 259 do CBJD; 
  • Requer a anulação da partida em razão do descumprimento das Regras e Disposições do IFAB, conforme fundamentação anexada ao pedido; 
  • Requer a não utilização de arbitragem de vídeo (VAR) nos jogos a serem disputados pelo Sport na Série A 2020; 
  • Requer perícia técnica de vídeo dos lances em questão, e áudio da comunicação entre árbitros de campo de do VAR, dando ciência ao clube de todo o conteúdo; 
  • Que fique claro que, em momento algum, o Sport solicitou e/ou mencionou a retirada ou veto de qualquer nome da Comissão Nacional de Arbitragem, como também nunca cogitou ou cogitará, qualquer ato de desobediência às regras do futebol, que deve ser jogado em campo, com honra e altivez, características natas aos que fizeram e fazem o Sport Club do Recife. 

Recife, 11 de janeiro de 2021 

Carlos Frederico Fernandes de Melo 

Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »