28/01/2021 às 17h43min - Atualizada em 28/01/2021 às 17h27min

Fate: The Winx Saga é aclamada pelo público e detonada pelos críticos

Fate: The winx saga chegou à Netflix no dia 22 de janeiro e mexeu com as emoções dos que cresceram acompanhando a história do grupo composto por 6 fadas, mas a versão live-action está longe de ser amada por todos.

Viviane Ramos - Editado por Bárbara Miranda

Dentre os diversos lançamentos prometidos para 2021, Fate: The winx saga era um dos mais esperados. A versão live-action narra a história da animação de um grupo de fadas intitulado Clube das Winx, que durante o começo dos anos 2000 se tornou febre entre as crianças e adolescentes.

 

Assim como a animação, a versão live-action protagonizada por Abigail Cowen foi muito bem recepcionada e avaliada pelos fãs. Já a crítica não gostou muito da produção, de acordo com o Rotten Tomatoes a série alcançou cerca de 30% de aprovação e 70% de rejeição dos críticos. Eles baseiam esse dado nas grandes mudanças que a série apresentou se comparada a animação, fugindo bastante da essência da história que foi um fenômeno, eles ainda afirmaram que a produção “perdeu a mão” na construção da protagonista Bloom, deixando a personagem perdida nos últimos episódios. 

 

Mas o que teve de rejeição por parte dos críticos sobrou de elogios por parte do público, mais de 70% dos usuários que maratonaram a série não pouparam elogios na hora de descrever a história. 

 

Fate: The winx saga de fato é bem diferente do desenho animado, sua história é bem mais densa e os eventos vistos durantes os 6 episódios deixam um ar dramático e amedrontador para aqueles que estavam acostumados com o original conto de fadas, literalmente. 

 

A produção nem tentou esconder as referências tiradas da animação e colocadas na série, desde a arquitetura da Escola de Alfea até o penteado das fadas que são idênticos aos das personagens animadas, como: Musa, Stella, Sky e a grande vilã Beatrix, os atores carregaram fortes caracteristicas dos personagens animados, o que trouxe uma sensação de nostalgia para aqueles que acompanharam a história original. 

 

Mas como nem tudo é perfeito ou agrada a todos, Fate: The winx saga também deixou a desejar em alguns quesitos. O primeiro foi a exclusão de Flora, uma das integrantes do grupo das 6 fadas da animação, na versão live-action a série nos mostra apenas 5 delas: Musa, Terra, Stella, Aisha e Bloom. A falta da sexta integrante decepcionou muitos fãs que sentiram a história incompleta sem Flora.  

 

Outro ponto decepcionante foi a batalha final entre Bloom e os Burned Ones, os queimados, criaturas demoníacas que buscavam Bloom e seus raros poderes. Todos os 6 episódios falam sobre os queimados e o terror que eles podem causar a Alfea se não forem impedidos, após Bloom descobrir que eles a querem a fada começa a se preparar para um grande combate, mas essa batalha não supriu as altas expectativas que a história criou, deixando o público frustrado com o rápido desfecho dessa luta. 

 

Uma série não é uma série se não contar com um velho e belo romance entre o mocinho e a mocinha, a internet foi a loucura com Danny Griffin, o intérprete de Sky, namorado de Bloom na obra original. A relação dos dois não foi bem desenvolvida, os atores não pareceram demonstrar com intensidade o sentimento que tinham um pelo outro, e as cenas juntos quase sempre eram ofuscadas por Stella, que começa a série tendo um caso com Sky.  

 

O final surpreendeu a maioria das pessoas, com muitas reviravoltas e surpresas que quase confirmam uma segunda temporada logo mais. A Netflix ainda não se pronunciou sobre uma continuação da série, mas com o sucesso que vem tendo uma segunda temporada seria muito bem vinda.

 

Desde sua estreia, Fate: The winx saga vem liderando o Top 10 da Netflix em diversos países como: Brasil, Estados Unidos, Reino Unido e França. 

 

Mesmo sem a famigerada música de abertura do Clube das Winx na vinheta de abertura, Fate deixou diversos usuários nostálgicos e mostrou que o mundo da magia também tem o seu lado obscuro e aterrorizante.  


REFERÊNCIA

 

PRISCO, Luiz "Detonada pela crítica, Fate: The Winx Saga é série mais vista da Netflix". Metrópoles,2021. Disponível em: <https://www.metropoles.com/entretenimento/televisao/detonada-pela-critica-fate-the-winx-saga-e-serie-mais-vista-da-netflix>. Acesso em: 25/01/2021. 

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »