29/01/2021 às 14h48min - Atualizada em 29/01/2021 às 06h31min

Após boa campanha na temporada, Palmeiras disputa a final da Libertadores e conquista o segundo título

Com apenas uma derrota, o Verdão se iguala ao seu rival Santos, com quem disputou pela taça

Jaíne Amanda - editado por Thamyres Pontes
Taça da Libertadores. Foto: Reprodução/Palmeiras
O Palmeiras chega a final da Libertadores da América com a segunda melhor campanha na história. O Alviverde disputou pelo título contra o Santos, neste sábado (30), às 17h (horário de Brasília), no Maracanã. Em uma final disputada em um jogo único entre dois times paulistas, o Verdão venceu por 1 a 0 com gol de Breno Lopes e levantou a taça para o clube.
 
Vice-campeão em 1961, 1968 e 2000, e campeão em 1999, a equipe conquistou o segundo título para o clube. Além disso, o Verdão agora tem cinco passagens na final da Libertadores, sendo o segundo time brasileiro que mais disputou finais, ao lado do Grêmio e Santos, e atrás do São Paulo, com seis.

O vencedor recebeu da Confederação Sul-Americana de Futebol (Conmebol), o valor de 15 milhões de dólares (cerca de R$ 81,6 milhões). Somando com todas as fases, o finalista que garantiu o título, faturou em média US$ 22,5 milhões, (cerca de R$ 150 milhões). Um valor que cobrirá os problemas causados pela crise por conta pandemia do Covid-19.
 
Campanha do Palmeiras pela Libertadores 2020
 
O Palmeiras terminou a temporada de 2019 na terceira colocação na tabela do Brasileirão, garantindo a classificação para a Libertadores. O time teve como adversários na fase de grupos o Guaraní do Paraguai, Bolívar da Bolívia e Tigre da Argentina. No comando do técnico Vanderlei Luxemburgo, o Alviverde manteve invicto e em primeiro lugar no grupo B, com 16 pontos, o Verdão se classificou para as oitavas de final tendo a melhor campanha com cinco vitórias e 15 gols de saldo.
 
Nas Oitavas de Final, sob o comando de Abel Ferreira, o Palmeiras venceu as duas partidas e eliminou o Delfín do Equador, com o placar de 3 a 1 no jogo de ida. Dessa forma, o Verdão garantiu o acesso para as quartas de final após bater o Delfín por 5 a 0 no jogo de volta, em casa, no Allianz Parque. Com 32 gols de saldo e seis sofridos, o Alviverde teve o segundo melhor ataque, atrás somente do River Plate com 33. 
 
O Palmeiras chegou à semifinal com uma vitória por 3 a 0 no jogo de ida em cima de seu adversário River Plate. Na decisão pela classificação para a final, em uma partida difícil para o Verdão, foi derrotado por 2 a 0. Contudo, conseguiu o acesso com a vantagem na primeira disputa, fora de casa. Mantendo vivo o sonho de ser bicampeão.
 
Preparação da Equipe
 
Na ultima partida do Palmeiras antes da grande final terminou no empate pelo Campeonato Brasileiro, contra o Vasco, por 1 a 1, em uma partida atrasada, válida pela primeira rodada. Para a disputa importante contra o Santos, o técnico Abel Ferreira decidiu poupar seus principais jogadores, pensando na Libertadores
 
Após todo o elenco testar negativo para Covid-19, o treinador teve a vantagem de ter toda a equipe à disposição para a decisão. Somente os atacantes Wesley e Luan Silva foram desfalques, pois estão seguindo recomendação médica em tratamento de lesões.
 
















 


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »