05/02/2021 às 11h37min - Atualizada em 05/02/2021 às 09h19min

Eliz e a literatura

A paixão e a relevância dos livros para a jornalista Eliz Oliveira

Sheyla Ferraz - Editado por Gustavo Henrique Araújo
Foto: Reprodução/@nossaliteratura
Eliz Oliveira tem 25 anos, é natural de Teresina, Piauí, e graduada em Jornalismo. O seu contato com a literatura começou muito cedo: desde criança ela gostava de ler gibis e livros paradidáticos; sua tia, que era professora, observando o interesse da sobrinha, incentivou-a a continuar tendo uma relação cada vez mais próxima com a leitura.

Porém, no período da adolescência, Eliz passou por um intervalo de tempo sem exercer o hábito de ler, mas voltou com força total no penúltimo ano da faculdade. “Foram meses difíceis e posso afirmar que a literatura me salvou. Me ajudou a passar por esses momentos”, afirma Eliz.

A necessidade de “trocar figurinhas” a respeito dos romances que lia cresceu, então, a jornalista iniciou um projeto chamado Nossa Literatura, em que decidiu usar a internet como aliada para o compartilhamento de suas experiências de leitura. O projeto existe há três anos.

Hoje, com sua página no Instagram e com a abertura recente do seu canal no Youtube, Eliz consegue alcançar leitores do Brasil inteiro; além do Clube Nossa Literatura, também criado por ela, com mais de 200 integrantes. A rede de leitores completa dois anos em maio.
                                                                                 
Atualmente, ela dedica boa parte do tempo em seus projetos para a valorização de obras latino-americanas. “Meu intuito é que cada vez mais pessoas se apaixonem pela nossa literatura”, declarou.

Ela fala também sobre a fragilidade no ensino da disciplina de Literatura no Brasil; salienta, porém, a importância dos professores que dedicam seus esforços diariamente para despertar nos alunos o interesse pela leitura. Reconhece ter sido crucial os primeiros contatos que obteve com a literatura quando estava na escola.

Dois escritores que marcaram o período do ensino médio para Eliz Oliveira foram Jorge Amado e Clarisse Lispector. Ela diz: “Eu fiquei apaixonada, sem acreditar que pessoas poderiam escrever coisas tão bonitas e tocantes, e até hoje sinto o mesmo quando leio algum livro deles."

No início deste ano, Eliz foi surpreendida com o contato da equipe da escritora Nélida Piñon. Em outubro do ano passado, ela havia lido sua obra "A república dos sonhos" no clube de leitura. Nélida gostou tanto dos comentários que Eliz Oliveira fez sobre o livro que se propôs a participar de uma conversa ao vivo com a jornalista. O momento foi enriquecedor e descontraído.

A transmissão foi realizada no dia 30 de janeiro pelo canal de Eliz no Youtube. A jornalista fez um post especial expressando sua alegria pela oportunidade de conversar com a escritora, de quem é muito fã.
                                                     

Eliz faz referência à importância da leitura na sociedade. Ela enxerga a literatura como parte de quem somos, e diz que ser leitor é um processo contínuo e ininterrupto. A cerca das motivações que levam a comunicadora social a incitar a leitura, é para que as pessoas vivenciem experiências que só a literatura pode oferecer. A criação do grupo de leitores abastece e alimenta a paixão pelos livros. O debate e a troca de aprendizado geram crescimento mútuo entre os participantes. Resultados que despertam o encanto de Eliz pelo clube.

Muito embora se tornar um amante da leitura seja um grande desafio para a maioria das pessoas, Eliz considera que a construção desse hábito precisa ser leve, e não forçada e difícil. Ela reitera dizendo que encara a leitura como um presente e como uma forma de entrar em um universo que possibilita contentamento e refúgio contra a dura realidade da vida.
                                                                     
Neste ano, Eliz Oliveira pretende ampliar o conteúdo do seu canal do Youtube, trazendo não apenas convidados para as lives, como também compartilhando resenhas críticas sobre os livros que lerá ao longo do ano.

Acompanhe Eliz nas suas redes sociais:

Instagram: @nossaliteratura | Youtube: Nossa Literatura

 

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »