10/02/2021 às 22h43min - Atualizada em 10/02/2021 às 22h39min

Fim da novela! Hamilton renova contrato com a Mercedes para próxima temporada

Com essa parceria de sucesso, o recordista de vitórias vai em busca do inédito oitavo título

Gustavo Osorio - Editado por Amanda Cruz
Lewis Hamilton. Foto: Joe Portlock

Para botar fim a novela que durava alguns meses, Lewis Hamilton renovou seu contrato com a Mercedes por mais uma temporada, na última segunda-feira (8). Com essa decisão o heptacampeão mundial de Fórmula 1 completa o grid da temporada 2021 e vai em busca do octacampeonato ao lado de seu companheiro de equipe Valtteri Bottas

 

O inglês teve seu primeiro título mundial no ano de 2008, em que participava da McLaren. Além disso, o automobilista teve 74 das suas 92 vitórias enquanto corria por essa equipe. No ano de 2013, Lewis Hamilton fechou com a Mercedes e desde então ganhou seis títulos mundiais, sendo eles quatro seguidos, nos anos de 2017 a 2020, os outros no ano de 2014 e 2015. Ainda realizou mais 18 triunfos e, portanto, ultrapassou a marca de 91 vitórias de Michael Schumacher e se tornando o maior vencedor da história da Fórmula 1. 

 

A novela para a renovação do contrato já ocorre a alguns meses, fazendo com que gere inúmeras especulações. Visto que seu companheiro Valtteri Bottas havia assinado com a Mercedes em agosto de 2020 até o final da próxima temporada, além da relação de Hamilton e a equipe alemã serem de sete anos e terem colhidos grandes frutos para ambos. Contudo, o contrato foi assinado nesta semana e o inglês demonstrou uma motivação e felicidade com a renovação.

 

“Estou empolgado para começar minha nona temporada com meus companheiros da Mercedes. Nosso time alcançou coisas incríveis juntos e estamos de olho em levar nosso sucesso ainda mais adiante, enquanto continuamente tentamos melhorar dentro e fora da pista”, disse Lewis Hamilton. 

 

Todo processo de renovação gerou muitas dúvidas se essa parceria iria se estender por mais uma temporada. A expectativa era que o contrato fosse assinado em dezembro de 2020, porém, após o GP do Bahrein de 2020, Hamilton contraiu a Covid-19, atrasando o planejamento de renovação, além de conter algumas questões salariais em discussões. O automobilista também apresentava algumas exigências, dentre elas, a principal é o trabalho para melhor inclusão da diversidade dentro da montadora. Com isso, reivindicou o lançamento de uma fundação com o intuito de melhorar essa área. 

 

“Estou igualmente determinado a continuar a jornada que começamos para tornar o automobilismo mais diversificado para as gerações futuras e sou grato que a Mercedes tem apoiado muito meu chamado para resolver este problema. Tenho orgulho de dizer que estamos levando esse esforço ainda mais este ano, lançando uma fundação dedicada à diversidade e a inclusão no esporte. Estou inspirado por tudo o que podemos construir juntos e mal posso esperar para voltar às pistas em março”, completou Hamilton a respeito da inclusão e diversidade na Mercedes.



 
 

Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »