17/05/2019 às 19h38min - Atualizada em 17/05/2019 às 19h38min

Tiago Iorc ressurge em grande estilo

O cantor surpreendeu a todos no último dia 5 com o lançamento do seu novo álbum: "Reconstrução"

Jéssica Teles
Tiago Iorc estava distante dos palcos e das redes sociais desde janeiro de 2018, época em que decidiu dar um tempo em sua carreira. O cantor publicou um post em seu Instagram com um breve relato dos seus 10 anos de estrada, e neste texto expôs seu cansaço e sua necessidade de viver novos medos e outros ciclos.

Após seu período sabático de 1 ano e 4 meses, Tiago volta com o novo álbum "Reconstrução", de 13 faixas inéditas e 13 clipes, sem nenhuma divulgação prévia  deixando os fãs eufóricos e arrebentando em todas as plataformas digitais logo nas primeiras horas de lançamento.

"Reconstrução" é um álbum denso que explora temas fortes e atuais, como depressão, escravidão das redes sociais, angústias e superficialidade, assuntos vividos hoje por muitas pessoas, principalmente, os jovens.

Na faixa "Desconstrução" o cantor aborda bem esses assuntos com versos tristes e reflexivos como: “Ela era só uma menina / Ninguém notou a sua depressão / Seguiu o bando a deslizar a mão / Para assegurar uma curtida”, relatando muito bem e de forma clara o quanto as redes sociais podem ser tóxicas e a impotância que se dá em estar bem em fotos e não se olhar intrinsecamente e se autoconhecer.  

No decorrer do álbum conhecemos também a história de um casal e acompanhamos todo o desenrolar, desde a paixão com forte sexualidade, amor e a sua calmaria e término com dores e ressentimentos. História intensa transmitida não só pelas músicas mas,  também pelos 13 clipes estrelados pelo próprio cantor e sua parceira de cena Michele Alves. Michele não tem falas nos vídeos mas, mostra uma interpretação forte com olhar marcante e muita expressividade o que  combinou muito com a intenção do álbum e a conexão com o cantor na tela.

Em todas as 13 canções é exposto a incessante vontade de se encontrar e de vencer medos e desilusões, esquecendo decepções e literalmente dançando conforme a música. Isso é muito bem relatado em "A vida nunca cansa", que traz versos como: "Nesse jogo de tanto faz / Foi que gente se desfez / E agora? / Nessa guerra pela paz / Nessa insana lucidez / A vida nunca cansa / Porque será?”

Tiago retornou em grande estilo abordando assuntos importantes em forma de arte e  provando mais uma vez ser um artista de grande talento e sensibilidade. Vale a pena conferir esse trabalho e, com certeza, o público espera mais desdobramentos após "Reconstrução". 

Editado por Alinne Morais

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »