17/02/2021 às 18h53min - Atualizada em 17/02/2021 às 18h51min

Elisa Lam, o sonho de liberdade que se tornou um pesadelo

Conheça um dos casos mais intrigantes da última década que inspirou a nova minissérie documental da Netflix, “Cena do crime: Mistério e morte no Hotel Cecil”.

Viviane Ramos - Editado por Ana Terra
Los Angeles, um dos destinos mais cobiçados por diversas pessoas, é um lugar repleto de arte, música e alegria. O centro de L.A é o melhor lugar para se hospedar, pois a facilidade de localização e locomoção é grande. Entre diversas opções de hospitalidade, uma das mais famosas é o Cecil Hotel, que se encontra bem no centro da cidade e é conhecido por ter tarifas diárias muito baixas, se comparado a outros hotéis da região. Porém, em fevereiro de 2013, o hotel foi palco de um dos casos mais famosos no mundo e que ainda intriga a maioria das pessoas que conhecem a vida e a morte de Elisa Lam.
Fonte: Netflix

Fonte: Netflix


Na última semana chegou à Netflix a minissérie documental “Cena do crime: Mistério e morte no Hotel Cecil”, que relata a passagem da estudante de 21 anos, Elisa Lam, pelo famoso hotel. A minissérie traz relatos e depoimentos de diversas pessoas envolvidas no caso durante a época, os detetives que investigaram o desaparecimento da jovem, a gerente do hotel que presenciou toda a busca, ex-funcionários, médicos, psiquiatras, hóspedes e várias outras testemunhas. 
 
Para quem não conhece o caso, Elisa Lam era uma estudante canadense de 21 anos que decidiu viajar sozinha para conhecer a Califórnia. Após passar por San Diego, ela se hospedou no Hotel Cecil em 28 de janeiro de 2013. No dia 1º de fevereiro, Elisa é dada como desaparecida e uma busca frenética começa para achar a jovem. Durante a investigação, foi encontrado e divulgado pela polícia, um vídeo da última vez em que Elisa foi vista. Nas imagens, ela adentra em um dos elevadores do hotel, porém, seu comportamento deixa todos muito intrigados e assustados.
 
No dia 19 de fevereiro, hóspedes do hotel começaram a reclamar da pressão e cor da água que estava saindo das torneiras, fazendo um funcionário de manutenção subir nas caixas d'água para verificar o que estava acontecendo. Ele se depara com uma cena chocante, o corpo de Elisa Lam nu, já em avançado estado de decomposição, boiando na água de uma das quatro enormes caixas que abastecem o hotel.   
 
Após isso, diversas teorias foram criadas para explicar o motivo da morte de Elisa e, principalmente, como ela foi parar na caixa d'água. Várias pessoas apontaram a própria polícia de Los Angeles e o Hotel Cecil como os principais culpados. Muitos acreditaram que funcionários destes grupos haviam assassinado Elisa e adulterado o vídeo em que ela aparece no elevador.
 
Teorias foram criadas após internautas descobrirem casos bizarros relacionados ao hotel, o Cecil Hotel era famoso por cobrar baixos valores por noite de hospedagem e por ficar bem no centro de L.A, isso acabou atraindo diversas pessoas da periferia da cidade e vários criminosos. O Cecil Hotel chegou a abrigar alguns serial killers, como Richard Ramirez e foi cenário de diversos assassinatos, estupros, suicídios e overdoses. Teóricos da conspiração acreditam que o hotel era mal-assombrado e que algum espírito possa ter se apropriado do corpo de Elisa, para eles, só isso explicaria o seu estranho comportamento apresentado no vídeo.
 
Quatro meses após a morte da canadense, o resultado da autópsia sai e apresenta a causa de afogamento acidental para a morte da estudante. Isso revoltou milhares de pessoas que acompanharam o caso desde o início, e tinham certeza de que Elisa havia sido assassinada. Porém, a minissérie documental traz revelações surpreendentes sobre o caso e informações cruciais que não foram divulgadas na época. 
 
Elisa Lam sofria com depressão e transtorno bipolar, ela possuía uma página na rede social Tumblr, onde publicava o que sentia e pensava durante esta fase difícil. A irmã de Elisa afirmou que a jovem não tomava os remédios receitados pelos médicos corretamente, e isso provocava colapsos mentais que faziam Elisa ouvir vozes, ver coisas que não existiam e ter ações que podiam colocar a sua vida em risco. Mas o que mais surpreendeu os telespectadores foi o relato do funcionário do hotel que encontrou o corpo de Elisa na caixa d'água, ele afirmou que quando chegou lá, a pequena tampa da caixa já estava aberta, isso pode confirmar uma das mais fortes teorias do caso, Elisa havia se suicidado.   
 
Isso foi um choque para todos que acreditavam que a estudante havia sido assassinada, a ideia de que ela havia tirado a sua própria vida era perturbadora demais para aqueles que ansiavam em achar um culpado. A minissérie documental “Cena do crime: Mistério e morte no Hotel Cecil” vai a fundo em todos os pontos e detalhes deste caso e apresenta provas inéditas que não chegaram ao público na época do acontecido e podem, finalmente, apresentar um desfecho para esta fatalidade.  
 
Mesmo com um trágico fim, é nítido ao passar dos episódios que Elisa era uma incrível garota, ela valorizava o amor e apoio que tinha de sua família e ansiava por independência e liberdade para conhecer o mundo e ser feliz. Elisa queria achar o seu lugar e encontrar um propósito, mesmo a sua morte tendo sido o motivo de sua notoriedade, a vida e história de Elisa Lam ficará para a história como uma prova de força, superação e empatia. 
 
Após o final da produção, a equipe divulgou uma plataforma que presta serviços de forma gratuita para pessoas que sofrem com algum transtorno ou problema mental. Caso você seja uma dessas pessoas ou conheça alguem, acesse: www.wannatalkaboutit.com
 
REFERÊNCIAS
RINCÓN Luciana Maria. MegaCurioso, 2021. “Elisa Lam: O misterioso desaparecimento no Cecil Hotel. Disponível em: https://www.megacurioso.com.br/misterios/39692-misterio-afinal-o-que-pode-ter-acontecido-com-elisa-lam.htm. Acesso em: 14 de fevereiro de 2021.
HADDEFINIR Henrique. Omelete, 2021. “Cena do Crime desconstrói histeria em torno da morte de Elisa Lam no Hotel Cecil”. Disponível em: https://www.omelete.com.br/netflix/criticas/cena-do-crime-misterio-morte-hotel-cecil-netflix. Acesso em: 14 de fevereiro de 2021. 
Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »