02/03/2021 às 19h35min - Atualizada em 02/03/2021 às 18h11min

Trajetória de Dayane Mello no Gran Fratello Vip

A modelo brasileira foi quarta colocada na versão italiana do Big Brother

Laiz Vaz - revisado por Jonathan Rosa
Dayane no sofá da sala do Gran Fratello Vip (Foto: Reprodução/Instagram @Dayanemelloreal)

A quarta colocada da quinta edição do reality “Gran Fratello Vip”, que é uma espécie de versão italiana do Big Brother, foi a modelo fotográfica brasileira e naturalizada italiana Dayane Mello, de 31 anos. Antes de entrar no GFV ela trabalhou com grandes marcas como L’Oreal e Breil. Porém a sua passagem pelo programa foi bem diferente do glamour que a modelo estava acostumada, sendo marcada por diversas cenas de xenofobia, machismo e bifobia, tanto por parte do público, quanto por seus colegas de reality.

A raiva gratuita que a modelo sofreu na casa começou após alguns participantes perceberem que Dayane ainda não é totalmente fluente na língua italiana, logo, tinha certa dificuldade em se comunicar com todos os fratelli (irmãos). Isso fez com que ela fosse colocada no televoto (o “paredão” italiano) onze vezes durante os cinco meses do programa. Em diversos momentos ela demonstrou seu desconforto e como estava se sentindo humilhada, principalmente pelo colega de confinamento Francesco Oppini.

 

O episódio com Francesco Oppini e a intervenção dos brasileiros

Essa foi a primeira vez em que Dayane entrou nos assuntos mais comentados do Twitter, com a tag “Dayane Merece Respeito” fazendo os brasileiros descobrirem tanto a participação da modelo no reality, quanto o tratamento negativo que ela vinha sofrendo lá. Este caso em específico aconteceu em uma festa pós votação.

Francesco que nesse momento era um dos favoritos da edição, começou a fazer “piadas” de mau gosto sobre a modelo durante uma festa que rolou após ele ter sido votado pela sorella (irmã). Durante a madrugada e com vários participantes já bêbados, o participante falou frases como: “Em Verona Dayane seria estuprada”; “Ela deve pular de cama em cama” e “Em uma festa com ela e meus amigos seria um desastre”. Após esse episódio os brasileiros entraram na jogada e Francesco foi eliminado graças a mutirões feitos no Brasil, já que na Itália ele continuava como favorito dos telespectadores.

A partir daí os brasileiros começaram a fazer mutirões e virar as madrugadas para manter Dayane no reality. – Até como forma de uma "esquenta" para o BBB 21. E deu certo, né? rs


Disputa de Aviões

Em uma manhã sobrevoou pela casa um avião carregando uma faixa elogiando a atitude do Francesco em relação aos comentários machistas e xenofóbicos sobre Dayane, a moça não viu o recado, porém vários participantes viraram e foram contar a ela. Em contra partido os fãs da modelo mandaram um avião com o seguinte dizer em apoio a Dayane: “DM: Você amou, protegeu, não manipulou. #MelloFã”.
 

Perda do irmão

Vídeo de homenagem ao irmão de Dayane. (Reprodução: canal Mediaset Play)
 

No dia dois de fevereiro Lucas Mello, irmão caçula da modelo, morreu em um acidente de carro, ao colidir com um caminhão na BR-470, em Lontras, Santa Catarina (SC). Dayane foi chamada ao confessionário onde recebeu a notícia. Bastante abalada, ela retornou para a casa e optou por não desistir do jogo, pois o último desejo de Lucas foi que ela fosse campeã do reality. Aos prantos, foi amparada pelos outros participantes do programa.

Mais tarde Dayane e os colegas de confinamento prestaram homenagem a Lucas, soltando uma lanterna chinesa ao céu. Além disso a modelo pode acompanhar um trecho do velório por chamada de vídeo. Segundo a assessoria da moça, fãs do mundo todo mandaram coroas de flores para o velório, demonstrando apoio a família.


Bifobia

Um ocorrido bem semelhante ao Big Brother Brasil aconteceu com Dayane no GFT. Assim como Lucas Penteado teve sua bissexualidade questionada ao declarar/demonstrar interesse por alguém do mesmo sexo dentro do reality ao se envolver com Gilberto Nogueira, a modelo também foi questionada ao se interessar por Rosalinda Cannavo. Ambos foram acusados de usar esse fato como estratégia para ganhar “pontos positivos” no programa e tachados como mentirosos.
 

Na contrapartida pessoas como Ana Maria BragaTatá Werneck e o Felipe Neto saíram em defesa da modelo e puxaram diversos mutirões de votos para garantir que Dayane fosse a campeã, fizeram até tutorial de como votar, como pode ser visto abaixo:

Como sabemos a modelo não ganhou o programa, mas sem dúvidas ela deixou a final muito mais comovente e marcante com o seu reencontro com a filha Sofia, especificamente para os fãs brasileiros.

Agora Dayane irá iniciar uma nova fase em sua vida. – Espero que tudo se acerte e ela consiga justiça por tudo que sofreu.


Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »