07/03/2021 às 03h44min - Atualizada em 07/03/2021 às 03h03min

São Paulo goleia o Santos pelo Paulistão

Em jogo com primeiro tempo comprometido pela chuva, Tricolor leva a melhor e vence o rival

Julia Robita Torres - editado por Wesley Bião
Comemoração do gol de Gabriel Sara (Foto: Divulgação/ Twitter São Paulo FC)
Neste sábado (6), em partida válida pela terceira rodada do Campeonato Paulista, o São Paulo recebeu o Santos no Morumbi e aplicou uma goleada de 4x0 sobre o rival. Após um primeiro tempo de jogo tecnicamente fraco e muito ruim por parte das duas equipes, os donos da casa tiveram um segundo tempo arrasador. O jogo contou com gols de Gabriel Sara, Luan Peres (contra), Pablo e Tchê Tchê. Com a vitória no clássico, o time comandado por Hernán Crespo garantiu a segunda vitória consecutiva por goleada e a liderança do Grupo B, com sete pontos. Já os comandados por Ariel Holan, ocupam a terceira colocação do Grupo D, com dois pontos.
 
PRIMEIRO TEMPO
Os 45 minutos iniciais tiveram uma personagem principal: a água. Isso porque houve um forte temporal alguns minutos antes da partida começar, o que deixou o gramado do Morumbi completamente encharcado e impossibilitou a fluidez do jogo.

Ao escalar Rodrigo Nestor como titular na vaga de Luan, Crespo já dava indícios de que esperava uma partida de maior movimentação e dinâmica no meio campo são-paulino, situação que não foi possível devido as condições do gramado. Já Holan, estreante da noite, fez uma mudança de última hora exatamente por conta do gramado pesado, trocando Gabriel Pirani por Bruno Marques em sua escalação inicial. 

A primeira etapa foi de muita imposição física e poucas jogadas de perigo, contando com apenas sete finalizações ao todo, sendo uma na direção do gol. Os primeiros 20 minutos foram marcados por tentativas de jogadas individuais, bolas esticadas e jogadas de bola área por parte das duas equipes. Com dificuldade na troca de passes e pouca produção ofensiva, os times cometeram muitas faltas.

O lance de maior perigo no primeiro tempo veio por parte do Santos, quando em jogada individual aos 26 minutos, Soteldo invadiu a área e chutou para o gol, mas a bola acabou saindo na rede pelo lado de fora. O São Paulo levou perigo aos 40. Em cobrança de escanteio de Dani Alves, a bola foi cortada pela defesa santista e sobrou para Rodrigo Nestor, que chutou para fora.


Soteldo disputa a bola contra quatro jogadores do São Paulo (Foto: Divulgação/ Twitter Santos FC)
 
SEGUNDO TEMPO
O segundo tempo teve uma mudança drástica no panorama da partida e já nos minutos iniciais foi possível notar que fluiria melhor. A única alteração nos times com relação ao primeiro tempo veio por parte do São Paulo: saiu Arboleda, lesionado, e entrou Rojas. A entrada do atacante equatoriano trouxe maior movimentação, velocidade e jogadas individuais para a equipe Tricolor.

Os donos da casa abriram o placar aos cinco minutos. Em cobrança de escanteio de Dani Alves, a bola sobrou para Gabriel Sara, livre de marcação, cabecear para o gol e abrir o placar para os donos da casa. No minuto seguinte, após bela jogada individual, Rojas dribla o marcador e chuta para o gol, mas a bola sobe demais e vai para fora.

O Santos chegou ao ataque em jogadas protagonizadas por Soteldo, mas esbarrou na boa marcação são-paulina. Aos 12 minutos alteração no São Paulo: sai Rodrigo Nestor para a entrada de Luan. Aos 16, Gabriel Sara cruza rasteiro, mas Luciano não consegue alcançar e a bola ficou com a defesa do Peixe. Em seguida, Holan promoveu duas alterações em sua equipe: entraram Marcos Leonardo e Gabriel Pirani e sairam Bruno Marques e Jean Mota. O São Paulo seguiu tendo as melhores ações ofensivas.

Aos 23 minutos, Léo recebe cruzamento de Pablo na pequena área e, sozinho, acaba furando, mas obriga o goleiro John a fazer boa defesa. Aos 27, Luciano faz jogada individual e chuta cruzado. Antes de entrar, a bola desvia em Luan Peres, que marcou contra. Três minutos depois, Igor Vinicius faz belo lançamento para Pablo, que percebe John adiantado e de cobertura faz um lindo gol para aumentar a vantagem Tricolor.

A partida seguiu com os donos da casa tendo as melhores chances. Aos 41 minutos, após troca de passes, Pablo toca para Tchê Tchê, que entrou no lugar de Luciano, ajeitar para perna esquerda e chutar no ângulo do goleiro John, aumentando a vantagem do São Paulo no placar e definindo os números finais da partida.
 
PRÓXIMOS CONFRONTOS
O São Paulo volta a campo pela quarta rodada do Campeonato Paulista no próximo sábado (13) ás 16h30 (horário de Brasília) diante do Novorizontino, no estádio Jorge Ismael de Biasi. Já o Santos, agora foca suas atenções na fase classificatória para a Libertadores. O Peixe recebe o Deportivo Lara na próxima terça-feira (9), às 19h15 (horário de Brasília), na Vila Belmiro.

Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »