07/03/2021 às 13h29min - Atualizada em 07/03/2021 às 13h22min

De virada, Corinthians supera a Ponte Preta e encerra jejum de vitórias

Timão supera os desfalques, e conquista a primeira vitória no Paulistão com gols de Mateus Vital e Jô

Vinícius Garone - Editado por Juan Camilo
Jô comemorando o segundo gol do Timão - Foto: Reprodução/Rodrigo Coca/Agência Corinthians
Na manhã deste domingo (7), Corinthians muito desfalcado recebeu a Ponte Preta, na Neo Química Arena e conseguiu a primeira vitória no Campeonato Paulista, por 2 a 1. O Timão que não pode contar com 14 atletas diagnosticados com a Covid-19, encerrou o jejum de sete jogos sem vencer sob o comando de Vagner Mancini. A equipe chega à liderança do Grupo A, com cinco pontos conquistados. Por outro lado, a Ponte Preta que foi melhor na primeira etapa, mas sofreu após a forte chuva. Permanece na terceira posição do Grupo B, com apenas um ponto.
PRIMEIRO TEMPO
 
O jogo começou truncado e com muitos erros de passes. O Timão não assustava e nem conseguia impor o ritmo forte que era pedido por Vagner Mancini. Já a Macaca saia bem nos contra-ataques, aproveitando a lentidão do time corinthiano, mas acabava pecando nas finalizações.
 
Já no meio da primeira etapa, Paulo Sérgio sentiu lesão e João Veras entrou em campo. A alteração surtiu efeito,aos 30 minutos, o atacante que tinha acabado de entrar, recebeu lançamento longo de Ruan Renato, superou a marcação, avançou pela esquerda e chutou no canto do goleiro Matheus Donelli. Abrindo o placar para a Ponte Preta.
 
Apenas na reta final o Corinthians conseguiu incomodar o arqueiro do time adversário. Primeiro com Roni, o volante na intermediária arriscou para o gol, de longe. Mas Luan fez grande defesa para evitar o gol do Timão. E quando o resultado parcial parecia se manter até o intervalo. Mateus Vital tabelou na entrada da área e chutou muito bem colocado no ângulo do gol defendido por Luan. E deixou tudo igual aos 45 minutos em Itaquera.
 
SEGUNDO TEMPO
 
A segunda etapa iniciou com uma tempestade na Neo Química Arena, deixando o gramado pesado. Com isso, os dois times resolveram arriscar de fora da área. A primeira chance foi da Macaca, Léo finalizou de muito longe e casou perigo para o goleiro Donelli. Na jogada seguinte o Timão respondeu. Novamente com Vital, o meia correu pela esquerda, fez boa jogada individual e mandou para o gol, porém Luan fez a defesa.
 
Otero entrou na partida para explorar os chutes de fora da área e por pouco não marcou. O venezuelano cobrou falta com muito perigo para o gol. O goleiro da Ponte rebateu na trave, e defesa dos visitantes, mandou para escanteio. Posteriormente, em cobrança de escanteio, Otero bateu fechado forte para a área, e quase fez um gol olímpico, mas a zaga da adversária afastou.
 
A Ponte Preta recuou bastante no decorrer do confronto e o Corinthians foi para cima. Mateus Vital tentou dominar a bola dentro da área e foi derrubado. Raphael Claus esperou um pouco e marcou pênalti para o Alvinegro Paulista. foi para a cobrança, chutou no canto e Luan faz a defesa, mas no rebote, o próprio centroavante pegou o rebote e mandou para o fundo das redes.
 
Na reta final, Cantillo deu um pisão no jogador da Ponte. O árbitro foi ao monitor e expulsou o jogador do Corinthians. Com isso a Macaca foi para o tudo ou nada e por pouco não empatou na última chance da partida. Moisés driblou a zaga pela esquerda, entrou na área e bateu firme, mas a bola carimbou a trave.
 
PRÓXIMOS CONFRONTOS
 
Ambos os times voltam a campo no próximo fim de semana pelo Paulistão. Corinthians enfrenta a equipe do São Caetano, domingo (14), às​ 16h (horário de Brasília), no Estádio Anacleto Campanella. Enquanto a Ponte Preta visita o Botafogo SP, sábado (13), às 19h (horário de Brasília), no Estádio Santa Cruz.

Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »