23/05/2019 às 11h28min - Atualizada em 23/05/2019 às 11h28min

Adriana Silva está fora da Copa do Mundo

Jogadora piauiense sofre lesão e não disputará o Mundial Feminino de Futebol na França

Amanda Mendes - Editado por Amanda Cruz
Adrina Silva em treino pela Seleção. Foto: Lucas Figueiredo/CBF
O técnico da Seleção Feminina de Futebol, Vadão, anunciou na quinta-feira (16), a lista das 23 atletas que representarão o Brasil na Copa do Mundo na França 2019. Entre as convocadas, estava a piauiense Adriana Silva, jogadora do Corinthians (SP), que se lesionou durante jogo do Campeonato Paulista na véspera da convocação.

O jogo era entre Corinthians e Santos, no momento do seu gol, Adriana pulou sobre a goleira do time santista e caiu de mau jeito. Desde então, começaram as especulações do seu possível corte do Mundial. A jogadora passaria por exames mais detalhados na sexta-feira (17) para saber a gravidade da lesão e só depois o clube paulista se pronunciaria. O Timão posteriormente,  informou que a atleta fez uma ressonância e foi constatada uma lesão no joelho (rompimento total do LCA do joelho esquerdo). Em consequência, a CBF divulgou a substituta da Adriana Silva para Copa do Mundo da França, a meio-campo Luana de 26 anos.

A piauiense participou em 2018 dos treinos para Copa América, mas ficou de fora da lista das convocadas. O nome da Adriana vem sendo convocado desde 2017. A atleta esteve nos dois Amistosos contra o Canadá em Ottawa. A jogadora esteve também com a Seleção Feminina no Torneio das Nações, competição que teve participação de Estados Unidos, Austrália Japão, disputa esta em que as brasileiras terminaram na terceira posição. A atleta fez parte também, do último desafio da Seleção antes da Copa do Mundo, no torneio She Believes, nos Estados Unidos.

A jogadora tranquilizou seus fãs e amigos com uma mensagem divulgada nas suas redes sociais:
“Estou passando aqui para tranquilizar a todos, que torcem e estão sempre me acompanhando, infelizmente por mais uma vez meu sonho terá que ser adiado, mas eu prometo a cada um de vocês que trabalharei firme e determinada a cada momento para superar mais uma vez meus limites e voltar ainda mais forte. Quero agradecer também a todos que acreditaram no meu trabalho e pela oportunidade que me deram até aqui”, escreveu a atleta.

Adriana Leal da Silva mais conhecida como Adriana Maga, apelido que recebeu quando ainda defendia o Tiradentes (PI). O nome faz referência ao seu corpo franzino, pois a jogadora é natural da cidade de União no Piauí e o termo é comum na região. A piauiense se destacou no Campeonato Brasileiro Feminino em 2015, quando jogava ainda no Tiradentes (PI) e desde então tem sido convocada para os jogos da Seleção Feminina. A “Maga” saiu do time do Piauí, depois passou pelo Rio Preto (SP) e foi contratada pelo Corinthians na temporada de 2017.

Na premiação dos "Melhores do Campeonato Brasileiro de 2018", a jogadora do Corinthians levou o prêmio de melhor atacante, fazendo parte da "seleção do campeonato" e "craque do pessoal". Ainda na competição, a atleta foi vice-artilheira com 14 gols, um ponto a menos da artilheira da competição. Em 2019, Maga chegou a receber propostas para deixar o Corinthians e seguir carreira fora do país, mas recusou justamente para poder ficar próxima da Seleção Brasileira. Na temporada de 2019 a jogadora fez nove gols em 12 jogos disputados.

Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »