24/05/2019 às 01h46min - Atualizada em 24/05/2019 às 01h46min

João Pedro comanda goleada do Fluminense na Sul-Americana

Com três gols e uma assistência, atacante contribuiu para vitória tricolor por 4 x 1 sobre o Atlético Nacional

João Felipe Carvalho - Editado por Amanda Cruz
João Pedro comemora um dos três gols que marcou na noite. Foto: André Durão.

Quem acompanhou a venda do jovem atacante João Pedro, do Fluminense para o Watford-ING, com valores que podem chegar a 10 milhões de euros (R$ 44,6 milhões), acredita agora, que o time inglês pagou pouco. no Maracanã, o jogador foi fundamental na goleada tricolor por 4 x 1 sobre o Atlético Nacional (COL), válido pela segunda fase da Copa Sul-Americana. O jovem de 17 anos, com transferência para o futebol inglês agendada para janeiro de 2020, marcou três vezes e ainda deu um passe para Luciano anotar o outro gol do time brasileiro, que viu Hernán Barcos (ex-Palmeiras e Grêmio), descontar para os colombianos em cobrança de pênalti.

1º TEMPO

Com o Atlético Nacional atravessando um momento ruim, a equipe de Fernando Diniz aproveitou para impor seu estilo de jogo ofensivo logo no início da partida. E deu certo. Com apenas dois minutos, Yony Gonzalez cruzou na cabeça de João Pedro, que superou o marcador e abriu o placar. Não demorou muito e mais uma vez o atacante balançou as redes, após bola enfiada de Daniel que deixou o camisa 23 apenas com o trabalho de deslocar o goleiro Cuadrado. Depois de Barcos acertar o travessão de Agenor, o Fluminense marcou o terceiro. João Pedro, dessa vez, fez o papel de "garçom" e colocou na cabeça de Luciano, que aproveitou o vacilo do lateral Machado e cabeceou sozinho. Marcando a 3 x 0 com apenas 11 minutos de partida.

Depois de falhar no gol, Machado se redimiu sofrendo falta de Gilberto dentro da área. Pênalti que Hernán Barcos converteu, diminuindo a desvantagem colombiana. Porém, quando o time esboçava uma reação, João Pedro marcou pela terceira vez na noite depois de pegar rebote da própria bola que cabeceou na trave. A goleada ainda poderia ser maior, se Yony Gonzalez não parasse nas mãos de Cuadrado, em cobrança de pênalti aos 36'.

2º TEMPO

Chegou o segundo tempo, mas o Fluminense não repetiu o desempenho da primeira etapa, visto que já tinha a larga vantagem no placar. A equipe só chegou com perigo em investida do zagueiro Nino pelo alto e em finalização de João Pedro defendida por Cuadrado. Com isso, o placar final foi o mesmo do primeiro tempo, com 4 x 1 para o tricolor carioca. A atuação brilhante da "jóia" de 17 anos rendeu elogios do treinador Fernando Diniz, em coletiva após disputa.

“A atuação de João Pedro foi iluminada, o que acontece com todos os grandes jogadores. Messi, Cristiano Ronaldo, não é algo comum, tem de comemorar mesmo. É fruto de merecimento. Desde que cheguei, a maior competência que ele tem é a determinação e a maturidade que veio com precocidade. Pelo o que ele está produzindo hoje, não tem como dizer que não é titular”, disse o comandante tricolor.

PRÓXIMOS CONFRONTOS

Agora, o Fluminense pode perder por até dois gols de diferença no jogo da volta, no próxima quarta-feira (29), que garante a classificação para as oitavas. Porém, antes, o time carioca visita o Bahia, outro tricolor, no domingo (26), em partida válida pela 6ª rodada do Brasileirão, onde ocupa a 13° colocação, com seis pontos.


Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »