17/03/2021 às 19h06min - Atualizada em 17/03/2021 às 19h03min

Chelsea sacramenta a vaga nas quartas de final da UEFA Champions League

Com gols de Ziyech e Emerson, os Blues garantem vitória confortável dentro do Stamford Bridge

João Fellipe Ramos - Editado por Juan Camilo
Comemoração do primeiro gol da partida(Foto: Reprodução/Twitter/Chelsea)

Na última quarta-feira (17), o Chelsea recebeu o Atlético de Madrid pelo jogo da volta das oitavas de final da UEFA Champions League. Os Blues venceram a volta por 2 a 0 com gols de Emerson e Hakim Ziyech. Com esse resultado, o placar agregado do confronto foi 3 a 0, sendo assim, o Chelsea está garantido nas quartas de final da maior competição continental.

PRIMEIRO TEMPO
Os primeiros minutos do embate foram marcados por muita intensidade de ambas as equipes. Os Colchoneros buscando o gol que leva a partida para prorrogação, e os Blues igualando as ações para manter o resultado favorável do jogo de ida.

Com isso, a maior concentração dos jogadores ficou na parte central do campo, indicando que quem dominasse o meio, teria as oportunidades mais claras de buscar o resultado.

Os homens mais ofensivos das duas equipes tinham o trabalho de pressionar as saídas de bola, visando dificultar a troca de passes entre os zagueiros e minar as ligações diretas ao ataque, principalmente o Chelsea por ter como adversário João Félix e Suaréz, um que como característica a velocidade, e El Pistoleiro que é um matador de frente para o gol.

Até os 20 minutos da etapa inicial, os londrinos sufocou intensamente os comandados de Simeone dentro do seu setor defensivo e obrigou a equipe espanhola a rifar as bolas para longe, devido a isso a posse de bola dos Blues era muito maior.

Chegando perto dos 30 minutos, o ritmo dos mandantes diminuiu, dessa forma possibilitou que o Atlético de Madrid criasse algumas chances importantes, mas não teve conclusões a gol, a bola chegava nos atacantes, entretanto os zagueiros do Chelsea interceptaram todas
.
Em contragolpe fulminante, Havertz tocou para a velocidade de Werner, que chegou até a linha de fundo e cruzou rasteiro para Ziyech que finalizou de perna direita por baixo das pernas do goleiro Oblack, inaugurando o placar a favor do Chelsea, e aumentado o problema dos visitantes.

A etapa inicial, foi marcada por muita pressão dos mandantes que não afinaram na pressão desde o primeiro minuto, dessa forma o Atléti não conseguiu impor seu jogo e agora precisa fazer dois gols para se classificar pelo critério de “gols fora de casa”.
 
 
SEGUNDO TEMPO
Buscando os gols para avançar de fase, Diego Simeone fez três alterações, tirou: Suárez, Carrasco e Renan Lodi, para a entrada de Hermoso, Dembelé e Correa. Essas substituições mexeram bruscamente no setor ofensivo dando mais velocidade ao ataque. Após as alterações as ações ficaram equilibradas na etapa final.

O Atléti não conseguiu incomodar a equipe do Chelsea na segunda etapa, mesmo com as alterações ofensivas buscando pelo menos o gol de empate. Por mais que a equipe tenha equilibrado a posse de bola, não conseguiram transformar essa igualdade em chances claras de buscar o placar favorável.

Visando melhorar o fôlego da equipe e manter a pressão dentro das linhas defensivas Colchoneras, Thomas Tuchel tirou o autor do gol Ziyech para a entrada de Pulisic.

Já nos últimos minutos da partida, em uma jogada de escanteio curto, o zagueiro Savic deu uma cotovelada na barriga de Rüdiger e foi expulso direto e impediu que os Colchoneros conseguisse os dois gols para avançar de fase.

Os acréscimos do confronto foram do Chelsea que administrou o placar favorável. Já aos 92 minutos, João Félix já dentro da área limpou o zagueiro e finalizou encima do Mendy que espalmou para longe e evitou o gol de empate.

Com 94 minutos, Tuchel colocou Emerson no lugar de Havertz. Em seu primeiro toque na bola, após assistência de Pulisic, ele puxou para perna esquerda e finalizou cruzado ampliando o placar a favor do Chelsea e sacramentando a vitória dos Blues.


Primeiro toque na bola de Emerson( Foto: Reprodução/ Twitter Chelsea)

PRÓXIMOS CONFRONTOS
O Chelsea fica no Stamford Bridge para receber o Sheffield United em um compromisso válido pela FA Cup no próximo domingo (21), às 10h30 (horário de Brasília). Já o Atlético de Madrid volta ao Wanda Metropolitano para receber o Deportivo Alavés em partida válida pela LaLiga no domingo (21), às 14h30 (no horário de Brasília).


Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »