22/03/2021 às 23h23min - Atualizada em 22/03/2021 às 17h53min

França e Ucrânia se enfrentam pelas Eliminatórias da Copa do Mundo de 2022

Ambas as seleções fizeram suas respectivas convocações e já iniciaram os treinos

Alex Silva - editado por Anna Voloch
Mbappé passa por um marcador na goleada da França sobre a Ucrânia (Foto: Reprodução/FRANCK FIFE/AFP)
França e Ucrânia se enfrentam na próxima quarta feira (24), ás 16h45 (horário de Brasília), no estádio Stade De France, na cidade de Saint-Denis, na França. As respectivas seleções irão jogar pelas Eliminatórias da Copa do Mundo do Qatar, que ocorrerá em 2022. Em outubro de 2020, as equipes tiveram um amistoso, o qual resultou em uma goleada por 7x1 da Seleção Francesa. Alguns jogos das competições europeias só irão retornar após a presente Data FIFA desses jogos eliminatórios, no ínicio do mês de Abril. 

FRANÇA  


A seleção francesa é considerada por especialistas e comentaristas uma forte favorita a conquistar o título mundial de 2022. Os Le Blues tiveram a sua primeira conquista em 1998, em uma final contra a Seleção Brasileira, com destaque para o ídolo francês Zinedine Zidane, autor de dois gols. E em 2018, através de uma forte campanha, venceram o seu segundo troféu do mundo em uma final contra a Croácia. Sem esquecer a final perdida em 2006, contra a Itália.

Sendo assim, o técnico Didier Deschamps respeitou a sua linha de jogadores que fizeram parte do ultimo titulo da seleção e convocou respectivos 26 jogadores para as eliminatórias, além dos 11 iniciais:

Goleiros: Alphonse Aréola (Fulham), Mike Maignan (Lille) e Steve Mandanda (Olympique de Marselha);
Defensores: Lucas Digne (Everton), Léo Dubois (Lyon), Lucas Hernández (Bayern), Ferland Mendy (Real Madrid), Raphaël Varane (Real Madrid) e Kurt Zouma (Chelsea);
Meio-campistas: Thomas Lemar (Atlético de Madrid), Tanguy Ndombélé (Tottenham), Adrien Rabiot (Juventus) e Moussa Sissoko (Tottenham);
Atacantes: Wissam Ben Yedder (Monaco), Ousmane Dembélé (Barcelona), Olivier Giroud (Chelsea) e Anthony Martial (Manchester United). 


Para o confronto contra a seleção ucraniana, Deschamps possivelmente irá utilizar as melhores peças.

Provável escalação: Lloris; Pavard, Lenglet, Kimpembe e L Digne; Kante, Pogba e Rabiot; Griezzman, Mbappé e Kingsley Coman.

Técnico: Didier Deschamps.


UCRÂNIA

A seleção ucraniana atualmente tem o seu maior ídolo como técnico. Andriy Shevchenko assumiu como treinador em 2016 e disputou 35 confrontos, com um acúmulo de 18 vitórias, oito empates e nove derrotas. A equipe viveu um bom momento apenas na Copa de 2006, sendo eliminada nas quartas de final, em 8ª lugar. No ano de 1930 a 1990 não disputou as Eliminatórias, pois ainda fazia parte da União Soviética. Em 1994, também ficou de fora por proibição da FIFA. Em 1998, 2002, 2010 e 2018 os ucranianos não se classificaram.

O técnico Andriy convocou respectivos 20 jogadores, além dos 11 iniciais, para as Eliminatórias:

Goleiros: Lunin (Real Madrid), Pankiv (Oleksandriya);
Defensores: Konoplya (Desna Chernigiv), Cheberko (LASK), Bondar (Shaktar Donetsk);
Meio Campistas: Zubkov (Ferencváros), Buletsa (Dnipro-1), Nazarenko (Dnipro-1), Sudakov (Shaktar);
Atacantes: Yaremchuk (Gent), Junior Moraes (Donetsk).


Para o confronto contra a França, a equipe deve ir com seus principais jogadores.

Provável escalação: Pyatov; Mykhaylichenko, Matviyenko, Kryvvtsov e Tymchyk; Kharatin, Zinchenko, Yarmolenko e Marlos; Yaremchuk e Junior Moraes.

Técnico: Shevchenko.

HISTÓRICO DE CONFRONTOS

No geral as duas seleções tiveram nove confrontos, com cinco vitórias da França e apenas uma da Ucrânia. Além de três empates. O saldo de gols possui uma diferença de 14 gols dos franceses para cinco dos
ucranianos. 

Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »