24/03/2021 às 17h04min - Atualizada em 24/03/2021 às 16h31min

BBB 21 ficou chato rápido demais?

O reality show mais famoso do país tem decepcionado público com seu clima mais morno

Lucas Lima - editado por Larissa Nunes
Foto/Reprodução: EmaisGoais

Após o sucesso estrondoso da edição passada, as expectativas estavam altas entre o público em relação ao programa deste ano. Esperava-se que a edição superasse a anterior ou ao menos se igualasse ao nível de 2020.

O anúncio do elenco reverberou de forma positiva tendo influenciadores e figuras famosas - que eram conhecidas com peso e adoradas pelo gosto popular - entraram na edição. No dia da divulgação, as redes sociais exaltaram alegria e expectativas sobre essa edição que prometia.

 

De início, o programa começou em um ritmo morno, sem causar muito alarde - como de costume. Porém, logo um grupão foi se unindo e de cara, tivemos a divisão entre ‘vilões’ e ‘mocinhos’. Karol Conká, Nego Di e Lumena colheram o ódio que plantaram no público - expressado em suas rejeições no paredão -, devido a desavenças que tiveram com os possíveis favoritos da edição.

Daí vê-se um problema real que se repete em quase toda edição do BBB. Os ‘vilões’ são eliminados muito cedo, tornando o ambiente da casa pacato. A mesma situação aconteceu na edição passada, entretanto, ela tinha algo de particular. Classificar entre vilão e mocinho se tornou, em um momento do jogo, algo muito subjetivo. Os personagens daquela edição ficaram divididos em amados e odiados pelo público sendo figuras com várias camadas de personalidade e com críticas assertivas em todo embate que enfrentavam; com isso toda semana o jogo se reconfigurava e despertava emoções ao assistir.

 

Já nesta edição, não podemos dizer o mesmo. Com a saída dos três vilões, logo nas primeiras semanas, o jogo ficou ameno e as brigas chave - que movimentavam articulações dentro da casa - esfriaram. Agora, há um conflito ou outro, mas nada que alimente a paixão do telespectador de acompanhar fielmente. 

 

Isso não tem sido expresso na audiência do programa - que tem superado recordes atrás de recordes este ano. Porém, percebe-se uma quietação do público nas redes sociais. Nas últimas semanas, reclamações sobre a qualidade do programa tomaram destaque, trazendo ‘‘que ficou chato’’ como argumento.
 

https://twitter.com/sci_boreal/status/1373094720033992707

 

Pode-se dizer que o principal motivo para isso está na eliminação precoce de personagens chave no jogo. Vamos usar como exemplo o caso da Karol Conká. Apesar de todas as polêmicas que a cantora gerou, em seus últimos dias dentro da casa, podia-se notar uma mudança de comportamento dela. Com essa reviravolta, podemos supor que ela poderia ir mais longe no jogo uma vez que adotou um tom mais ameno, porém sem deixar de ser quem ela é. 

 

O BBB 21 além de perder seus personagens maquiavélicos, ele conta com figuras que cativam pouca postura em confrontos. Dessa forma, criou-se uma percepção que o programa até este momento ficou chato.

 

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »