27/03/2021 às 17h57min - Atualizada em 27/03/2021 às 17h23min

Given é o primeiro anime Boy’s Love a ser exibido na TV aberta brasileira

Produzido pelo estúdio Lerche em 2019, os 11 episódios do anime serão disponibilizados para a TV Loading pelo canal online de animação, Crunchyroll

Letícia Nunes - Editado por Fernanda Simplicio
Fonte : Natsuki Kizu | Shinsokan / Reprodução : Google Imagens
O romance japonês entre garotos, Given, mangá bimestralmente publicado na revista Cheri+, pela editora Shinsokan, escrito e ilustrado pelo artista Natsuki Kizu, e adaptado para série animada pelo estúdio Lerche em 2019, será o primeiro anime com temática LGBTQIA+ a ser dublado para português e transmitido por um canal de televisão aberta no Brasil.

No Japão, a estreia do anime na televisão foi intermediada pela emissora Fuji TV, sendo o primeiro drama Boy’s Love (BL) exibido pela rede. No Brasil, a exibição vai ser realizada pela emissora de entretenimento, cultura pop e geek, Loading, em parceria com a plataforma de animação e streaming, Crunchyroll.

A transmissão dublada do anime Given pela nova rede de TV Loading – estreado em dezembro do ano passado como substituto da emissora Ideal TV –, até então, não possui data de previsão. Porém, é possível ter acesso a informações sobre a programação do canal por meio dos perfis oficias do Facebook, Instagram, Twitter ou pelo site.
 
GIVEN, A NARRATIVA
O drama romântico, Given, é protagonizado por Uenoyama Ritsuka, um jovem guitarrista, apaixonado por esportes e música, que está focado em ser classificado em um festival musical com a banda de rock “The Seasons”, formada por ele e dois amigos, sendo Akihiko Kaji na bateria e Haruki Nakayama no contrabaixo.

Uenoyama enfrenta um momento de descrença, pois, já não encontra mais satisfação em ser instrumentista como antes. Contudo, na escola, enquanto procurava um lugar para tirar um cochilo nas escadarias, ele encontra um garoto abraçado a uma guitarra Gibson ES-330, chamado Mafuyu Sato, que desperta a sua curiosidade.



Percebendo que a guitarra de Mafuyu está com uma das cordas quebradas, e que o garoto não possui aptidão com relação ao instrumento, Uenoyama decide ajudar o garoto, dando-lhe cordas novas. A partir disso, Mafuyu Sato aproxima-se do guitarrista, com a intenção de pagá-lo para ter aulas de música.

Desconfortável com a situação, Uenoyama Ritsuka recusa a proposta do garoto por acreditar que não é capaz de ensinar guitarra a alguém. Entretanto, a insistência Mafuyu Sato e o seu talento com canto, fazem com que Uenoyama mude de ideia, e até mesmo, a encontrar um novo sentido para os seus sonhos como artista.
 
AS VERSÕES DE GIVEN
O anime Given, produzido pelo estúdio Lerche em 2019, possui 11 episódios de 20 minutos, disponibilizados com legendas em português pelo canal online de animação e streaming, Crunchyroll. Já o mangá, está com quadro de cinco volumes publicados no Brasil pela editora NewsPop.



Em 2020, o diretor que liderou as produções dos episódios do anime, Hikaru Yamaguchi, desenvolveu a versão fílmica de Given pelos estúdios de animação Blue Linx e Lerche em parceria com a produtora musical, Aniplex. O audiovisual é uma continuação do anime, dedicado ao romance entre os personagens secundários, Haruki e Akihito.

O filme, titulado Given The Movie, teve transmissão especial em outubro de 2019 na 1ª Mostra Crunchyroll de Animes LGBTQ+, que aconteceu no Teatro Décio de Almeida Prado, promovida pela Crunchyroll em parceria com o Centro Cultural da Diversidade de São Paulo. Atualmente, o filme pode ser assistido online diretamente na plataforma.

Assista na íntegra o trailer do filme:

 
O DIFERENCIAL DO ANIME
O termo japonês, Yaoi, designa obras de mangá ou animes que protagonizam relações homoafetivas entre dois homens. Porém, o termo está em desuso desde os anos 90. Atualmente, para especificar obras do gênero, utiliza-se Boy’s Love (BL), que neste caso, especifica o gênero do anime de drama e romance, Given.

Dentre as obras BL, é comum depara-se com estórias que retratam relacionamentos abusivos, tóxicos, e por vezes, violentos, que são apresentados em uma abordagem voltada a sexualização dos personagens. Diante disso, consolidou-se um estereotipo referente a este tipo de obra, que banaliza e incita o preconceito.


Em contrapartida, Given amplia as possibilidades para as narrativas Boy's Love
, excluindo os aspectos oriundos do senso comum com relação a essas obras, uma vez que, no anime, acompanhamos um romance em que os protagonistas se apaixonam naturalmente, conscientes dos limites do outro.

Dessa forma, a estória se revela por uma perspectiva leve, cotidiana e humaniza, em que o romance que se desenvolve gradativamente entre os personagens torna-se consequência de um processo de autoconhecimento, amadurecimento e superação dos protagonistas.

Com isso, Given demonstra-se ser o título mais indicado para tornar-se o primeiro romance BL a ser exibido na TV aberta brasileira devido à narrativa, que prioriza o lado natural e humano da comunidade LGBTQIA+, valorizando a normalização das relações homoafetivas, possibilitando que novos públicos ampliem suas perspectivas sobre os romances do gênero.

Assista na íntegra o trailer do anime:

 
REFERÊNCIAS:
BARBAROSSA, Diego. Given | Filme ganha nova data de lançamento no Japão; confira. Cosmo Nerd, 4 de jul. 2020. Disponível em: < https://cosmonerd.com.br/filmes/noticias/given-filme-ganha-nova-data-de-lancamento-no-japao-confira/ >. Acesso em: 26 de mar. 2021.

BLUME-YAOI. Canal Loading anuncia parceria com a Crunchyroll e Given ganhará dublagem inédita na TV aberta.  Loading, 4 de dez. 2020. Disponível em: < http://blyme-yaoi.com/2018/2020/12/04/canal-loading-anuncia-parceria-com-a-crunchyroll-e-given-ganhara-dublagem-inedita-na-tv-aberta/#:~:text=Given%20ser%C3%A1%20o%20primeiro%20anime,uma%20dublagem%20oficial%20em%20portugu%C3%AAs.&text=O%20canal%20se%20prop%C3%B5e%20como,TV%20sem%20necessidade%20de%20assinatura. >. Acesso em: 26 de mar. 2021.

COELHO, Alice. Desde quando existem personagens LGBT nos mangás e animes?. Alice Coelho, 1 de mai. 2020. Disponível em: < https://medium.com/@arisusagi/desde-quando-existem-personagens-lgbt-nos-mang%C3%A1s-e-animes-51054cd3d3ad >. Acesso em: 26 de mar. 2021.

DELBON, Michelle. ‘Given’ e as formas de lidar com o luto. Minas Nerds, 2 de dez. 2019. Disponível em: < http://minasnerds.com.br/2019/12/02/given-e-as-formas-de-lidar-com-o-luto/ >. Acesso em: 26 de mar. 2021.

JIBACK, Rafael. Crunchyroll promove mostra de animes LGBT em São Paulo. JBOX, 20 de set. 2019. Disponível em: < https://www.jbox.com.br/2019/09/20/crunchyroll-promove-mostra-de-animes-animes-lgbt-em-sao-paulo/ >. Acesso em: 26 de mar. 2021.

KAZU. Crítica | Give. JBOX, 23 de out. 2019. Disponível em: < https://www.jbox.com.br/2019/10/23/critica-given/#:~:text=%C3%89%20lindo.,interpretada%20por%20um%20ator%20incr%C3%ADvel. >. Acesso em: 26 de mar. 2021.

MARTINS, Érica. Resenha | Given – 1ª temporada. Entreter-se, 23 de set. 2019. Disponível em: < https://entreterse.com.br/resenha-given-1a-temporada-37002/ >. Acesso em: 26 de mar. 2021.

PECCILLI, Giuliano. Given é o novo mangá da Editora NewPOP!. Jwave, 31 de mar. 2020. Disponível em: < http://www.jwave.com.br/2020/03/given-e-o-novo-manga-da-editora-newpop/ >. Acesso em: 26 de mar. 2021.
 

Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »