28/03/2021 às 16h43min - Atualizada em 28/03/2021 às 17h56min

Mortal Kombat | O filme ganhará uma nova franquia nos cinemas e tem o desafio de superar a primeira adaptação

Com cenas fortes de lutas o filme foi classificado para maiores de idade

Mariana Tabatiano - Editado por Fernanda Simplicio
Fonte: Warner Bros / reprodução: Google
Quase vinte e quatro anos depois, Mortal Kombat ganhará uma nova adaptação nos cinemas. Agora, com a produção de Simon McQuoid e James Wan (Invocação do Mal e Aquaman) o novo projeto promete ser mais fiel aos jogos recentes. Segundo a Exhibitor Relations Company, o filme live-action recebeu oficialmente uma classificação indicativa na última quarta-feira (10). O longa foi considerado para maiores de idade por apresentar “violência, sangue e linguagem forte, além de referências cruéis”. Essa é a primeira adaptação da franquia para os cinemas a receber a alta classificação. O filme deve chegar aos cinemas brasileiros em 15 de abril. 



Os games da Midway/Netherrealm tiveram dois filmes nos anos noventa, 'Mortal Kombat' (1995) e 'Mortal Kombat 2: A Aniquilação' (1997), reproduzido por Paul W.S. Anderson (Resident Evil). Na época, o filme teve recepção crítica morna e uma bilheteria modesta de US $70 milhões (US $120 milhões em valores atuais, cerca de R $661 milhões). Ao longo dos anos tornou-se uma das poucas adaptações de games com uma grande base de fãs.
 
Na tentativa de traduzir a trama e a estética dos jogos para o público geral, o Mortal Kombat de 1995 é altamente irônico, sem medo de rir dos próprios defeitos. Seja no humor pastelão ou nas coreografias exageradas (e bastante questionáveis), é impossível não se divertir. Foi essa percepção, de que o filme não queria ser levado tão a sério, que o tornou um verdadeiro clássico cult. Mortal Kombat de 2021 parece querer se manter altamente fiel ao material-base, além de entregar violência gráfica e boas cenas de ação com um grande elenco treinado em artes marciais. 




A rivalidade lendária entre os lutadores Scorpion e Sub-Zero é a parte importante da mitologia de "Mortal Kombat", e o novo filme da franquia vai abordar essa rixa desde a sua cena de abertura que irá mostrar a origem dos dois personagens. trata-se de uma épica luta entre Hanzo Hasashi (Hiroyuki Sanada), o Scorpion, e Bi-Han (Joe Taslim), o Sub-Zero. O produtor prometeu que cada luta no filme tem a sua própria personalidade e que é fiel não apenas ao jogo, mas aos personagens e que a violência é "pessoal e visceral". A inspiração para a cena de abertura, por exemplo, foram os filmes do mestre chinês Akira Kurosawa.

Para aumentar a curiosidade dos fãs, o diretor revelou em entrevista para ScreenRant que o longa tem uma das cenas mais brutais de luta do cinema com personagens que não esperamos ver lutando.



REFERÊNCIAS:

De Splash, em São Paulo. Fate: Abertura de Mortal Kombat mostra origem de Scorpion e Sub-Zero. Splash, 2021. Disponível em: < https://www.uol.com.br/splash/noticias/2021/03/17/abertura-de-mortal-kombat-mostra-origem-de-scorpion-e-sub-zero-veja-trecho.htm > Acesso em : 22 de Março de 2021.

ELOI ARTHUR. Fate: Mortal Kombat | Conheça o elenco do novo filme. Omelete, 2021. Disponível em: < https://www.omelete.com.br/mortal-kombat/mortal-kombat-filme-elenco#13 > Acesso em: 22 de Março de 2021

ELOI ARTHUR. Fate: Novo Mortal Kombat tem desafio de superar primeiro filme de games que deu certo. Omelete, 2021. Disponível em: < 
https://www.omelete.com.br/mortal-kombat/mortal-kombat-relembre-o-filme-classico > Acesso em: 22 de Março de 2021.




 

Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »