31/05/2019 às 18h07min - Atualizada em 31/05/2019 às 18h07min

Paulo Guedes diz que estuda liberar saque do FGTS para aquecer a economia

Jéssica de Vasconcelos - Editado por Júlia Mano





 
Foto: Adriano Machado/ Reuters

O Ministro da Economia Paulo Guedes afirmou que para aquecer a economia do país, o governo estuda liberar o Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) de contas ativas e inativas. Assim como no governo de Michel Temer, que no fim de 2016 liberou o saque de contas inativas, a intenção do ministro é impulsionar a economia, mas para realizar isso atualmente é necessário a aprovação da Reforma da Previdência para que libere o PIS//Pasep e FGTS.

Segundo Paulo Guedes, é necessário implementar no país reformas sérias para estimular o crescimento do PIB (Produto Interno Bruto), o principal indicador da economia.
 
O QUE É FGTS ATIVO E INATIVO?
As contas inativas são os contratos de trabalhos já extintos, que apesar do empregador não ter vínculo empregatício há saldo positivo para saque. E as contas ativas são vinculadas ao contrato de trabalho vigente com depósitos mensais (8% da remuneração do empregado) por parte do empregador acrescidos de atualização monetária e juros. Hoje, o saque de contas ativas só é permitido para utilização do FGTS no financiamento da casa própria e demissão sem justa causa.
 
COMO CONSULTAR O FGTS?
Acesse o site da Caixa, faça um breve cadastro, informe o número do PIS/PASEP, preencha os dados pessoais e cadastre uma senha para recebimento de confirmação de cadastro por e-mail para ter acesso ao seu extrato.
 
QUEM TEM DIREITO?
Todos os trabalhadores registrados em regime CLT a partir de 05/10/1998, trabalhadores rurais, temporários, intermitentes, avulsos, safreiros, atletas profissionais, empregada doméstica e diretor não-empregado.

 

 
 
 
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »