23/05/2021 às 22h31min - Atualizada em 23/05/2021 às 22h12min

São Paulo quebra jejum e conquista o Paulistão no Morumbi

Choque-Rei foi acirrado e bem disputado, mas tricolor levou a melhor

Mickaelly camilly - labdicasjornalismo.com
Jogadores do São Paulo comemoram com Hernan Crespo. Reprodução: Marcos Ribolli
O time de Hernan Crespo jogou a partida de volta pela final do Campeonato Paulista neste domingo (23) contra a equipe de Abel Ferreira. O tricolor Paulista se saiu melhor, dentro de casa, no Morumbi e levou a vitória por 2 a 0. Após 16 anos, a equipe volta a ganhar o título estadual Paulista e quebra jejum de oito anos sem um título. O jogo de ida ficou em aberto com o empate por 0 a 0.  Reinaldo voltou a fazer uma boa atuação, e Felipe Melo não fez uma partida convincente e deixou a desejar dentro de campo.
 
PRIMEIRO TEMPO

A primeira etapa foi marcada por uma boa marcação nas duas equipes sem grandes construções na parte ofensiva. Os Alviverdes atacaram mais e tiveram chances a mais para abrir o jogo. Aos sete minutos, em uma saída de bola errada do tricolor, Rony aproveitou e fez a primeira finalização do jogo. O clássico Choque-Rei estava ameno e morno até o momento em que Liziero acertou Rony com o braço. Isso irritou o técnico Abel.

Nesse primeiro momento, os goleiros e atacantes eram poucas vezes acionados. Palmeiras estava mais objetivo e reagia melhor diante os erros do São Paulo e havia chegado mais vezes na área. Aos 30', Miranda errou na saída de bola e entregou para Luiz Adriano, logo após o zagueiro recuperou e evitou o perigo.

Com 37’, Felipe Melo afastou um cruzamento, mas a bola ficou nos pés de Luan, ele fez o domínio no peito e arriscou o chute de média distância. A bola desviou no Melo e matou Weverton.

SEGUNDO TEMPO

Luciano entrou no segundo tempo, e o Tricolor buscou fortificar o ataque e neutralizar as chegadas do Verdão. Depois de desfalcar o tricolor, o camisa onze já aos seis minutos chegou em uma bola batida na área por Arboleda e por pouco não fez o segundo gol.

Palmeiras buscava um contra-ataque, mas possuía dificuldades em furar os bloqueios. Dessa forma, o time chutava direito em busca de uma disputa no ataque. Aos 31, Rodrigo Nestor ,que entrou no segundo tempo, atraiu os Alviverdes em uma jogada pela esquerda e cruzou para Luciano. O atacante ganhou na marcação e ampliou o jogo.

Já aos 37, Gabriel Sara perdeu a oportunidade do terceiro gol após cruzamento de Nestor, porém Weverton ficou com a bola. Em seguida o verdão buscou uma reação no contra-ataque com Patrick de Paula para Gabriel Menino, que buscou o cruzamento, mas a zaga afastou o perigo no fim da segunda etapa.
 
PRÓXIMOS CONFRONTOS 

Os dois times voltam as atenções para à Libertadores. O São Paulo, já classificado, busca a liderança do grupo. Para isso, precisa vencer o  Sporting Cristal, nesta terça, às 21h30, no Morumbi e torcer contra o Racing, que pega o Rentistas, no mesmo dia e horário. Já o Palmeiras pega o Universitário do Peru, na quinta, às 19h, no Allianz. O Verdão já está classificado em primeiro da chave com 12 pontos.

Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »